Peça: Aeroplano, foto 1

Aeroplanos: retrato da amizade entre dois homens com mais de 70 anos

De em agosto 14, 2017

Peça: Aeroplano, foto 1

Roberto Arduin e Antonio Petrin protagonizam peça do argentino Carlos Gorostiza

Sucesso na Argentina, a peça de Carlos Gorostiza, Aeroplanos, em cartaz no Auditório MuBE , pela primeira vez chega ao Brasil pelas mãos do ator Antonio Petrin, responsável pela tradução e adaptação do texto, além de dividir o palco com Roberto Arduin. Com direção de Ednaldo Freire, montagem mostra o cotidiano de Chico (Petrin) e Cristo (Arduin), dois setentões de classe média; diariamente eles se visitam, jogam dominó e dividem as difíceis questões da velhice, como a solidão, as limitações impostas pelo corpo, o medo da morte e a perda da independência. Mas o humor e o senso de solidariedade movem a vida destes dois amigos.

Peça: Aeroplanos, foto 2

Chico (Petrin) e Cristo (Arduin) são confidentes e cúmplices da vida

Mais do que apresentar o cotidiano de dois homens de classe média, viúvos, com mais de 70 anos e ex-jogadores de futebol, a peça trata de amizade, de companheirismo. Mesmo com suas manias, idiossincrasias e até temperamentos opostos, Chico e Cristo não conseguem passar um dia sem se ver, são confidentes e cúmplices da vida.

“Estes personagens são extraídos das camadas mais simples de nosso cotidiano. São velhos amigos e chegaram juntos a esta idade fortalecidos pela compreensão e solidariedade. Com humor e diálogos inteligentes, o espetáculo reflete sobre a existência, a partir do ponto de vista dos idosos”, afirma Antonio Petrin.

Os dois personagens estão com problemas graves de saúde e ambos procuram minimizar as consequências futuras. No entanto, um convite para assistirem a um show no exterior do filho de Chico modifica completamente o estado de ânimo deles. É um passaporte para a realização de sonhos acalentados há anos.
Dramaturgia envolvente e a chance de conferir a comovente interação em cena de dois grandes atores.

Roteiro:
Aeroplanos
. Texto: Carlos Gorostiza. Tradução: Antonio Petrin. Direção: Ednaldo Freire. Elenco: Antonio Petrin e Roberto Arduin. Cenografia: Antonio Petrin. Iluminação: Wagner Freire. Treilha sonora: Jonatan Harold. Fotografia: João Caldas. Direção de produção: Sonia Kavantan. Realização: Proa Produções Artísticas e Kavantan Projetos e Eventos Culturais.
Serviço:
Auditório MuBE (192 lugares)  Rua Alemanha, 221, tel. 11 2594-2601. Horários: sexta às 21h30, sábado às 21h e domingo às 19h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30. Bilheteria: de quarta a sexta, das 15h30 às 18h; sábado das 14h às 21h e domingo das 14h às 19h. Duração: 70 min. Classificação: 12 anos. Temporada: até 1º de outubro.


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento