Exposição: Alair Gomes Percursos, foto 1

Alair Gomes Percursos: mostra fotográfica traz duas séries inéditas

De em agosto 5, 2015

Exposição: Alair Gomes Percursos, foto 1

Da série ‘The Course of the Sun’

Alair Gomes (nasceu em Valença/RJ em 1921) era engenheiro e dedicou-se ao estudo de matemática, lógica e biologia. De acordo com Luciana Muniz, curadora da obra do artista que está na Biblioteca Nacional/RJ, o desejo homoerótico em Alair revelou-se na adolescência, tudo registrado em um extenso diário. No entanto, a paixão dele pela fotografia começou na década de 1960, e do diário ele passou a registrar, da janela de seu apartamento em Ipanema, os rapazes que se exercitavam na praia. Alair produziu uma infinidade de imagens de corpos masculinos e é considerado o precursor da fotografia homoerótica no Brasil.
Alair Gomes Percursos reúne mais de 290 imagens de várias séries que ele produziu em 20 anos de carreira. A mostra destaca duas séries inéditas: Praça da República, registro da feira hippie de São Paulo, em 1969 e Esportes:

“A obra fotográfica de Alair Gomes têm início no final dos anos 1960, período da contracultura, que está registrado na série dos hippies e termina com seu assassinato em 1992, no momento do surgimento da Aids, que gerou cerceamento à liberação sexual e ao estilo de vida gay. Na série inédita Esportes, Alair extrai das atividades esportivas dos rapazes uma iconografia que ressalta a beleza, a força física e a sensualidade que se acentuariam nas séries posteriores”, explica o curador Eder Chiodetto.

Exposição: Alair Gomes Percursos, foto 2

Da série ‘Sonatinas, four feet e Beach Triptych”

A exposição começa com a série dos rapazes praticando os mais variados esportes (natação, canoagem, futebol, surfe). Na sequência está uma de suas séries mais conhecidas — esteve na Bienal Internacional de São Paulo de 2012 — The Course of the Sun – Sonatinas, four feet e Beaach Triptych em que os rapazes estão na praia se exercitando (os cliques feitos da janela do apartamento). Além da beleza dos corpos, estas imagens em sequência têm movimento, parece uma apresentação de balé, o que fica evidenciado nas fotos com sombras. Fiquei extremamente impressionado com o final da mostra e a série Symphony of Erotic Icons, em que paralelamente estão fotos de homens nus com fotos de estátuas greco-romanas, que Alair produziu em suas viagens pela Europa. Além de ressaltar o corpo masculino como ícone de virilidade e força, algumas fotos deixam o espectador em dúvida se é estátua ou um rapaz nu!

Exposição: Alair Gomes Percursos, foto 3

Da série ‘Praça da República’, registro da feira hippie, São Paulo/1969

Alair Gomes Percursos fica em cartaz até 04 de outubro na Caixa Cultural, com entrada franca. Imperdível!

Fotos: divulgação    

Serviço:
Alair Gomes: Percursos. Caixa Cultural, Pr. da Sé, 111, tel. (11) 3321.4400. Horários: de terça a domingo, das 9h às 20h. Ingresso: gratuito. Temporada: até 4 de outubro.


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento