Peça: Assunto de meninas, foto 1

Assunto de meninas: montagem retrata os conflitos na adolescência

De em novembro 13, 2017

Peça: Assunto de meninas, foto 1

Débora Sartori, Marcela Arribet e Mariana Faloppa vivem as alunas do colégio interno

A difícil fase das descobertas na adolescência é o mote central da peça Assunto de meninas, que acaba de estrear no Teatro Augusta. Com dramaturgia de Rafael Salmona e direção de Tiago Pessoa, a trama é inspirada no filme da diretora suíça Léa Pool, Lost and Delirious/2001, e retrata o universo de um colégio interno feminino em que três garotas são obrigadas a lidar com as mágoas por terem sido afastadas de suas famílias e ao mesmo tempo começam a descobrir o amor e a sexualidade. Inexperientes e sem o amparo familiar, os conflitos internos só aumentam para as três garotas. Com Débora Sartori, Marcela Arribet, Mariana Faloppa e participação de Higor Fernandes.

Peça: Assunto de meninas,foto 2

Cartaz do espetáculo apresentado somente às sextas, até 15/12

A montagem traz um prólogo que resume o desfecho da trama. Blecaute e a cena inicial é com a chegada de Maria (Débora) ao colégio: tímida e ainda abalada pela perda da mãe e o desprezo do pai e da madrasta, ela é recepcionada e instalada no quarto de Vitória (Marcela) e Paula (Mariana), duas veteranas do internato. Depois de um desconforto inicial por ser novata, Maria logo conquista a confiança das companheiras de quarto e percebe que a relação delas vai além de uma inocente amizade. Vitória e Paula estão se descobrindo emocionalmente e vivem um caloroso caso de amor, que conta com a cumplicidade de Maria. No entanto, o preconceito e a pressão familiar fazem com que Vitória inicie um relacionamento com o amigo do irmão (Higor) e se afaste da namorada. Paula, por sua vez, nutre o desejo de conhecer sua mãe biológica e, ao ser duplamente rejeitada, sua carência emocional se intensifica, ficando ainda mais dependente de Vitória; daí a sua incompreensão com a mudança de comportamento da amiga. Maria tenta conciliar os atritos entre as duas, mas se vê de mãos atadas e não consegue ajudá-las.
Com um elenco jovem e talentoso, a montagem toca em temas  profundos, polêmicos e sensíveis (abandono, desamor, homoafetividade), que requer a atenção e cumplicidade do espectador. Exatamente por esta complexidade dramática, a temporada não auxilia o elenco, pois as sessões só acontecem às sextas-feiras, impedindo um ajuste mais rápido — a sequência de apresentações facilita o entrosamento em cena.  Estive na estreia e o nervosismo é comum, mas as jovens atrizes estão em sintonia e seguras. Espetáculo sensível, confira.

Roteiro:
Assunto de meninas
. Texto: Rafael Salmona. Direção e cenografia: Tiago Pessoa. Elenco: Débora Sartori, Marcela Arribet, Mariana Faloppa e Higor Fernandes. Figurino: Paulo Tardivo. Iluminação: Cristiano Cavalcante. Trilha sonora: Paulo Tardivo. Fotografia: Ronaldo Gutierrez. Produção executiva: Isabel Pessoa e Paulo Tardivo. Realização: Pessoa Produções.

Serviço:

Teatro Augusta (282 lugares), Rua Augusta, 943, tel. 11 3151-4141. Horários: sexta às 21h30. Ingressos: R$ 50 e R$ 25. Bilheteria: de quarta a domingo das 14h às 22h. Duração: 60 min. Classificação: 14 anos. Temporada: até 15  de dezembro.

 


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento