Bel Ami – o sedutor: bastidores do poder na França do século XIX

De em agosto 6, 2012

Robert Pattinson é o ambicioso Georges Duroy, que seduz as ricas damas da sociedade parisiense

Parece que pouco mudou nas relações de poder. Bel Ami – o sedutor, dirigido por Declan Donnellan, se passa em 1890, na França, em que as articulações e artimanhas nos bastidores do poder não diferem muito dos dias atuais. Ainda mais neste momento em que a sociedade brasileira assiste ao julgamento no Supremo Tribunal Federal do maior escândalo de corrupção da história recente do país, o chamado mensalão.
Se na França do século XIX não havia parlamentares que recebiam propina para votar no Congresso Nacional, existia sim o mesmo jogo sujo para se obter vantagens e lucros exorbitantes. O roteiro, assinado por Rachel Bennette, mostra a trajetória de Geroges Duroy, interpretado pelo galã Robert Pattinson, em sua ascensão social. O jovem ambicioso, para sair da pobreza e abandonar os locais sujos e mal-frequentados em que vivia, usa de seu poder de sedução para chegar aos salões luxuosos e conquistar as mais belas e endinheiradas damas da sociedade da época.

Virgine (Kristin Scott Thomas), Madeleine (Uma Thurman) e Clotilde (Christina Ricci) são seduzidas por Georges

A ascensão de Georges tem início quando ele encontra pelas ruas de Paris Charles Forestier (Philip Glenister), um velho companheiro de exército que hoje é alto funcionário de um influente jornal local. Não demorou muito para o jovem não só fazer parte da redação do jornal como frequentar os salões mais refinados da cidade e entrar em contato com lindas e ricas damas da sociedade. Sedutor, charmoso e inteligente, o rapaz não precisou de muito esforço para cair nas graças de todas as mulheres e galgar degraus da escala social. Sexo, poder e fama andam sempre juntos e Georges soube tirar proveito de sua beleza e sedução.
Uma das primeiras presas do galanteador foi exatamente a mulher de seu amigo, Madeleine Forestier, interpretada por Uma Thurman, que após a morte do marido casa-se com Georges. No entanto, tanto Madeleine como o jovem marido continuam seus casos amorosos paralelos, até o dia em que Georges resolve dar o flagra na esposa e leva a polícia para constatar o adultério. Livre do casamento e com ganhos financeiros, ele resolve seduzir Virgine Walter, vivida por Kristin Scott Thomas, ao mesmo tempo em que mantinha um caloroso caso amoroso com Clotilde (Christina Ricci). Como se não bastasse, Georges almeja mais e resolve conquistar a filha de Virgine. Com a cumplicidade da garota, ele finge uma fuga com ela para convencer Virgine e o marido Rousset (Col Meaney) a permitirem o matrimônio. George assim conquista seus objetivos: casa-se e entra definitivamente para a alta sociedade parisiense.

Cartaz do filme dirigido por Declan Donnellan

Bel Ami – o sedutor é sem dúvida um olhar um tanto amargo e corrosivo para as relações nas altas esferas do poder. E pelo que parece, tanto faz se a trama refere-se ao século XIX, na Europa ou aos palácios suntuosos do poder das grandes cidades de hoje em dia.
Fotos: divulgação

Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Tório 2

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: