Peça: Cobra na Geladeira, foto 1

Cobra na Geladeira: peça inédita no país retrata jovens desajustados

De em agosto 10, 2018

Peça: Cobra na Geladeira, foto 1

Elenco: Esdras de Lúcia, Felipe Hofstatter, Gustavo Moura, Juliane Arguello, Lui Vizotto, Marina Possebon, Regina Maria Remencius, Rodrigo Basso e Tailine Ribeiro

O dramaturgo canadense Brad Fraser — conhecido no Brasil pelo filme do também canadense Denys Arcand, Amor e restos humanos/1993 (versão de sua peça homônima), e pela peça Pobre super-homem/2000, dirigida por Sérgio Ferrara — tem novamente um de seus textos encenados no país. Cobra na Geladeira, inédita por aqui, acaba de estrear no CCSP pelas mãos do ator e diretor Marco Antônio Pâmio, que atou na produção de Ferrara e também dirigiu Amor e restos humanos em 2008. Desta vez Pâmio assina a tradução e dirige um elenco de jovens atores.

Considerado um dos expoentes da dramaturgia canadense, Fraser retrata em sua obra o universo de personagens sombrios que tentam sobreviver na precária e conturbada sociedade dos nossos dias. Nesta trama, sete jovens dividem uma casa velha e mal-assombrada, num universo de consumismo desenfreado, prostituição, dependência química e violência, em que todos lutam pela sobrevivência e tentam se adequar à sociedade.

Peça: Cobra na Geladeira, foto 2

Jovens atores dirigidos por Marco Antônio Pâmio

 

 

Com uma linguagem ágil e cenas curtas sobre o universo dos personagens envolvidos naquela casa, o autor envolve o espectador, que vai aos poucos montando o quebra cabeça da trama. Há desde a garota que vive em seu mundo interior (foi abusada na infância), a outra que é striper e depois se envolve com prostituição, o casal em que o rapaz é cafetão, até o estudante que cede aos apelos da prostituição e seu amigo, que para bancar o uso excessivo de drogas, comete todo tipo de contravenção.

 

 

 

“A peça fala sobre esta característica dos relacionamentos contemporâneos, estes relacionamentos líquidos, onde tudo é descartável, tudo é mercadoria, desde algo material até o afeto e o relacionamento humano. Fraser fala desta juventude sem rumo, perdida e banhada por tanta informação, mas que está solitária e coisificando tudo. Ao mesmo tempo, a peça é de suspense e terror, com todos imersos naquela casa esquisita e sobrenatural”, explica o diretor.

 

Além dos sete moradores daquela república, a dona do local e o traficante, há dois personagens da trama, no mínimo peculiares: a cobra que é colocada na geladeira logo na primeira cena e depois desaparece deixando a todos apreensivos e a própria casa, que guarda mistérios e segredos.

Mais do que uma dramaturgia eletrizante e provocativa, a montagem se destaca também pela concepção cênica do diretor: não há divisórias para identificar os cômodos do casarão, que são definidos pelos móveis dispostos no palco; a iluminação é outro elemento fundamental para a condução da trama, principalmente nas cenas do porão e nos efeitos sobrenaturais da casa. Com um elenco jovem, a composição de Regina Maria Remencius para a poderosa empresária da indústria do sexo merece ser ressaltada, assim como a atuação de Tailine Ribeiro, que vive a sensível Sarah. Confira, a temporada se estende até setembro.

 

Peça: Cobra na Geladeira, foto 3

Texto inédito no país

Roteiro:
Cobra na Geladeira. Texto: Brad Fraser.Tradução e direção: Marco Antônio Pâmio. Elenco: Esdras de Lúcia, Felipe Hofstatter, Gustavo Moura, Juliane Arguello, Lui Vizotto, Marina Possebon, Regina Maria Remencius, Rodrigo Basso e Tailine Ribeiro. Iluminação: Wagner Antônio. Figurino: Fábio Namatame. Cenografia: Duda Arruk. Trilha sonora: Ricardo Severo e Marco Antônio Pâmio. Fotografia: Gal Oppido. Produção: Valentina Produções. Coordenação de produção: Taís Somaio.
Serviço:
Centro Cultural São Paulo, Sala Jardel Filho, Rua Vergueiro, 1000, tel. 11 3397-4002. Horários: sexta e sábado às 21h e domingo às 20h. Ingressos: R$ 30 e R$ 15. Bilheteria: de terça a sábado, das 13h às 21h30; domingo das 13h às 20h30. Duração: 120 min. Classificação: 16 anos Temporada: até 16 de setembro.

Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Marcos Zaccharias Publicitário

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: