Mostra: nova seção do Favo, foto 1

CORES no FAVO: nova seção voltada à divulgação de artistas plásticos

De em novembro 23, 2018

Mostra: nova seção do Favo, foto 1

Resenhas sobre peças teatrais, filmes, livros, exposições e lançamentos musicais já se tornaram comuns a todo internauta que acessa o Favo do Mellone, há oito anos no ar. Ultimamente, passei a postar no meu canal do You Tube, e instantaneamente na TV MELLONE, vídeos com dicas da produção cultural da cidade de São Paulo e entrevistas com artistas, que têm mais esta ferramenta para divulgar seus trabalhos.

No entanto, as artes plásticas não estão recebendo a mesma atenção que o teatro e o cinema. Uma nova seção nasce para cobrir esta lacuna:
CORES no FAVO, um espaço para difundir o trabalho de artistas plásticos contemporâneos. Enio Longo abre esta nova janela artístico-cultural.

Mostra: Nova seção do Favo, foto 2

Enio Longo: artista paulistano que tem várias técnicas

 

‘Eu tenho todas as cores em mim’

É desta maneira que o artista plástico paulistano Enio Longo se define. E nada melhor, portanto, para que ele seja o primeiro a estrear esta nova coluna. Aos 66 anos, Enio desde a adolescência já pintava e seus primeiros trabalhos foram dedicados aos mestres do cinema mundial.

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 3

O beijo de Judas Iscariotes (guache e nanquim/bico de pena)

 

Jornalista — foi editor de arte e web designer em grandes empresas de comunicação por mais de 30 anos —, Enio nunca se afastou dos pincéis, tintas e telas. Formado em Comunicação Visual pela FAAP, ele sempre conciliou suas carreiras, de um lado o cotidiano das redações e de outro seu ateliê. Com domínio de diversas técnicas, Enio Longo em sua primeira exposição, Canto Mudo/1980 (São Carlos/SP) retratou, com seu olhar crítico, a vida de Jesus Cristo, usando nas telas um misto de guache e nanquim/bico de pena. Em 1975, participou ao lado de Edgard Soares da 13ª Bienal Internacional de São Paulo.

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 4

Status Quo (NanoArt)

 

Categoria recente de arte, em que ciência e tecnologia ganham uma leitura artística, a NanoArt é uma técnica que cria obras visuais a partir de imagens de partículas extremamente pequenas. Enio, ao lado de seu irmão, o professor doutor da UFSCar Elson Longo, vem desenvolvendo há anos trabalhos de NanoArt, tanto que em 2012 participou em Tel Aviv/Israel de uma exposição desta tendência.  Seu empenho é tamanho nesta técnica que em 2015 foi eleito o 4º artista mundial no desenvolvimento da NanoArt, tendo participado da exposição NanoArt21, em São Francisco/EUA.

 

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 5

Wals Unique, mostra na Pinacoteca em 2015

 

Aqui no Brasil, expôs na Pinacoteca de São Paulo, em outubro de 2015, trabalhos de NanoArt com grãos e líquidos de cervejas. Ele também expôs seus trabalhos desta técnica no museu aberto do Instituto Inhotim, MG.
Participou ainda de mostras de NanoArt no Museu do Amanhã/ RJ e na Universidade Alexandru Ioan Cuza, na Romênia, cujos trabalhos foram incorporados ao acervo permanente da instituição.
Neste ano Enio também participou do Salão de Artes Plásticas de Arceburgo-MG e também estará, ao lado de outros artistas, na mostra de NanoArt na Grécia

 

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 6

Rei (com material reciclado/papelão)

 

 

 

Trabalhos recentes
Ultimamente Enio Longo vem se dedicando a nova técnica de pintura. Está fazendo uso de materiais reciclados, como caixa de papelão e saco de estopa, como suporte para seus quadros.

 

 

“Gosto do aspecto rústico destes materiais. Com o saco de estopa, começo molhando em cola branca e tinta acrílica; depois de misturar bem, deixo secar por dois dias. Já seco, aplico na tela e inicio a pintura. Já com as caixas de papelão, utilizo o verso delas; aplico massa corrida ou gesso em toda a extensão e só depois começa o trabalho com tinta acrílica”, explica o artista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 7

Pigs (pintura)

 

E as pinturas sempre foram uma constante em sua carreira: ele prefere usar tinta de parede ou então tinta acrílica. O artista também já tem programada nova exposição. E o inusitado é o local: a Lua! Isso mesmo: a Moon Arts Project (http://moonarts.org) vai acontecer em 2020, com a participação de 150 artistas de vários segmentos (artes plásticas, teatro, dança, literatura, música), além de representantes das áreas de ciências, humanidades e tecnologia. Todos terão seus trabalhos expostos permanentemente na Lua.

 

 

 

Mostra: nova seção do Favo, foto 8

Brigite (arte digital)

 

 

 

Outra técnica desenvolvida pelo artista é seu trabalho em Digital Artes. Assim como as telas em que ele utiliza material reciclado, os trabalhos digitais são inéditos, ou seja, nunca foram expostos. Em breve Enio Longo irá reunir todos os trabalhos, das diferentes técnicas, e realizar uma mostra individual. Aguardem!

 

 

Quem gostou dos trabalhos do Enio Longo e quiser mais informações, basta acessar suas redes sociais:

www.cantomudo.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/enio.longo.7
Instagram: @eniolongo

 

 

 

 

Aguardo também seu comentário sobre esta nova empreitada do Favo. Em breve outros artistas terão suas obras divulgadas por aqui. Se quiser, sugira nomes de artistas plásticos contemporâneos para participar da seção CORES no FAVO.

 

 

Fotos: acervo do artista


8 Comentários

Ciça Felli

novembro 27, 2018 @ 02:22

Resposta

Parabéns pela nova seção e gostei dos trabalhos do Enio Longo. Espero ver a exposição em SP em breve . Sucesso pra vcs!!

Maurício Mellone

novembro 27, 2018 @ 09:56

Resposta

Ciça,
que bom q vc gostou da nova seção! Também fiquei muito bem impressionado
com os lindos quadros do Enio. Quando for marcada a mostra, te aviso!
Bjs e obrigado pelos elogios!

Maurilio

novembro 26, 2018 @ 21:30

Resposta

Maravilhoso o trabalho! Vou aproveitar e trabalhar na ideia do reciclado. O artista passou dicas bem legais. Parabéns ao Mauricio Melone por incluir mais um tema ao blog Favo de Melone!

Maurício Mellone

novembro 27, 2018 @ 09:58

Resposta

Maurilio,
fico muito contente q tenha gostado da nova frente
que abri no Favo. O Enio vai gostar de saber que as dicas
dele irão te ajudar a produzir seus futuros trabalhos.
Bjs e obrigado pela força e pelos elogios!

Adriana Bifulco

novembro 26, 2018 @ 18:29

Resposta

Ma, parabéns pela nova seção!! O logo ficou lindo, leve. Que venham novos talentos, para abrilhantar ainda mais o Favo, referência em cultura. Beijo grande e sucesso!!!

Maurício Mellone

novembro 27, 2018 @ 09:59

Resposta

Adriana, querida:
Muito obrigado pelo incentivo e por sua presença
constante por aqui.
Bjs

Dinah

novembro 26, 2018 @ 15:36

Resposta

Muito bacana a nova seção do Favo, Maurício, parabéns (o logo da coluna de artes plásticas também está muito bonito)!
E já estreia com o perfil de um artista plástico que trabalha inovando a arte da pintura como o Enio Longo.
Desejo muitos novos perfis no Favo e sucesso pra você e para os artistas que publicarão por aqui!

beijo,
Dinah

Maurício Mellone

novembro 26, 2018 @ 15:39

Resposta

Dinah,
o logo é de autoria do Marcos Zaccharias, web designer e publicitário.
Muitíssimo obrigado pela força, que venham muitos outros talentosos
artistas para a nova seção!
Bjs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão




Deixe uma sugestão

Indique um evento




Indique um evento