Peça: Da Vinci, Maquiavel e Eu, foto 1

Da Vinci, Maquiavel e Eu- com Tadeu Di Pyetro e direção de Elias Andreato

De em junho 5, 2013

Peça: Da Vinci, Maquiavel e Eu, foto 1

Tadeu Di Pyetro escreveu o monólogo em parceria com Miguel Filliage

O legado de artistas que influenciaram e contribuíram para a evolução da humanidade deve ser sempre lembrado e reverenciado. Este o mote central do monólogo Da Vinci, Maquiavel e Eu, que acaba de estrear no Teatro MuBE Nova Cultural e reúne o pensamento transformador do artista plástico Leonardo Da Vinci e do escritor e dramaturgo Nicolau Maquiavel.
Com pesquisa histórica de Rosi Campos, dramaturgia de Chico de Assis e direção de Elias Andreato, o espetáculo é encenado pelo ator Tadeu Di Pyetro, que divide a autoria do texto com Miguel Filliage.
Para dar voz aos dois pensadores italianos renascentistas, nada melhor do que um ator. É assim que Tadeu Di Pyetro idealizou o monólogo: quem introduz e apresenta os dois artistas é um ator. As ideias de ambos são transpostas para o dia de hoje:

 

“Quis criar esta simbiose entre os dois para refletir sobre o desafio das informações múltiplas de nosso tempo. Em tempos tão áridos de referências e pródigos em pessimismo, compartilhar reflexões de mudanças e esperança é a maior prova de que sonhar é possível”, declara o ator.

 

A montagem é simples, sem grandes aparatos cenográficos, o que dá ênfase ao discurso dos pensadores italianos. De um lado do palco apenas um cavalete e uma tela em branco (onde é projetado um desenho de Da Vinci) e no lado oposto uma pequena tribuna para o discurso político e inflamado de Maquiavel. Tadeu troca apenas de sobretudo para compor os dois artistas.

“O espetáculo traz a possibilidade desse encontro de ideias de dois ícones: a liderança de Maquiavel e a genialidade criativa de Da Vinci. Ambos são convidados a apresentar suas ideias e convicções. O ator processa esse dois lados e também reflete sobre o agir e o pensar. A montagem estimula a reflexão e a questionar o mundo em que vivemos”, afirma o diretor.

 

Peça: Da Vinci, Maquiavel e Eu,  foto 2

Tadeu interpreta o pintor Leonardo Da Vinci e o escritor Nicolau Maquiavel

 

 

Ótima oportunidade para se ter acesso ao ideário transformador de dois grandes pensadores renascentistas que influenciaram a história da humanidade. Destaque para a interpretação de Tadeu Di Pyetro, que com poucos elementos e recursos vocais compõe Da Vinci e Maquiavel com precisão. Ressalto ainda a presença fundamental de Elias Andreato, que além de dirigir, é o responsável pela iluminação, cenário e figurino da peça.

 

Da Vinci, Maquiavel e Eu está sendo apresentado somente aos sábados e domingos e a temporada se estende até final de julho. 


Fotos: João Caldas

Favo do Mellone
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: