Peça Divórcio! foto 1

Divórcio: Suzy Rêgo e Rubens Chachá na primeira comédia de Franz Keppler

De em janeiro 18, 2013

Peça Divórcio! foto 1

Na comédia, Suzy Rêgo e José Rubens Chachá são os advogados do casal vivido por Nathália Rodrigues e Pedro Henrique Moutinho

Já na cena inicial de Divórcio!, como um prólogo e com a cortina fechada, Suzy Rêgo e José Rubens Chachá dão o tom da primeira comédia escrita por Franz Keppler, que acaba de estrear no Teatro Raul Cortez.  Vivem os advogados Cecília e Jurandir que defendem seus clientes no processo de divórcio: ela é advogada do jogador de futebol Cacau Bello, interpretado por Pedro Henrique Moutinho, e Jurandir da modelo Brunna Praddo (Nathália Rodrigues). O curioso é que anos atrás os dois advogados eram casados — Ciça e Jura como se chamavam desde os tempos da faculdade — e se separaram pelos mesmos motivos de seus clientes. Depois de anos sem se ver, eles se reencontram para defender seus clientes, agora com os argumentos que combatiam no passado, quando se divorciaram. Tiradas engraçadas nesta troca de papéis dos personagens.

Autor consagrado com dois grandes sucessos dramáticos em 2012, Camille e Rodin e Córtex, Franz Keppler curiosamente escreveu a comédia Divórcio! há três anos, portanto antes das peças encenadas no ano passado. Para o público é muito bom conhecer as várias facetas de um dramaturgo, principalmente em gêneros opostos. E Keppler soube muito bem usar da carpintaria cômica: a trama da separação de um casal de celebridades, tendo os hilários advogados como protagonistas, provoca situações engraçadas e inusitadas. A troca de papéis e de argumentos entre Cecília — que não queria engravidar — e Jurandir — louco para ser pai — é jocosa. Numa cena, por exemplo, o jogador de futebol, cliente de Cecília, se irrita ao ouvir da modelo que ter filhos engorda, frase repetidamente usada por Ciça quando casada com Jurandir!

 

Peça Divórcio! foto 2

No processo de separação, o jogador de futebol é defendido pela Drª Cecília e a modelo por Dr. Jurandir

 

“Os advogados estão sempre em momentos de vida diferentes, o que torna a relação entre eles extremamente divertida. E o universo dos casamentos ‘mediáticos’ também provoca riso. Confesso que sempre achei estas uniões milionárias que começam e terminam meses depois, no mínimo, bizarras. E divertidas. E suspeitas”, afirma Franz Keppler.

 

O diretor Otávio Martins concorda com o dramaturgo sobre a visão irônica que a peça têm sobre os processos de separação:

“Todo divórcio envolve as mesmas coisas, os mesmos problemas, as mesmas rusgas. Que tal, então, olhar para essa coisa tão chata de uma nova forma? Leve, brincalhona, com  risadas, porque a vida segue em frente”, diz o diretor.

 

 

Peça Divórcio foto 3

Entre tapas e beijos tudo se resolve ao final!

Com dois atores experientes em comédia — Suzy Rêgo e José Rubens Chachá estão à vontade em cena e têm grande empatia com os espectadores—, Divórcio! possui os ingredientes para agradar grandes plateias. Não sou o maior apreciador deste gênero, mas tenho certeza que com a temporada em curso, as piadas irão se ajustar melhor com a recepção do público e a peça fará sucesso.

Fotos: Otávio Dias


2 Comentários

SANDRA MASCARENHAS DA sILVA

janeiro 25, 2013 @ 00:51

Resposta

Ensaio aberto e estréia,ri em dobro,mas ja virei fã de carteirinha desta equipe brilhante,Franz ,Ed Julio e Otávio Martins sempre arrasando em seus trabalhos,realizados com paixão.
Nos bastidores gente de primeira e no palco,atores incríveis não poderia dar noutra coisa :sucesso.

Maurício Mellone

janeiro 26, 2013 @ 18:42

Resposta

Sandra:
A parceria brilhante de Franz e Otávio já comprovei outras vezes (Córtex considero uma das
peças mais enriquecedoras a que assisti nos últimos anos!).
Sucesso a todos
Obrigado por sua participação, volte sempre!
abrs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento