Livro: Elias Andreato- a máscara do improvável, foto 1

Elias Andreato – a máscara do improvável: sensível biografia do ator

De em maio 15, 2019

Livro: Elias Andreato- a máscara do improvável, foto 1

O jornalista Dirceu Alves Jr e o biografado Elias Andreato

Hoje o grande público conhece o consagrado diretor teatral e o premiado ator. Mas poucos conhecem a trajetória de vida do paranaense Elias Vicente Andreato, de 64 anos, que no final da década de 1950 chegou a São Paulo ainda criança (caçula de uma família humilde de seis filhos) e aqui driblou tanto a timidez como as dificuldades financeiras para construir sua vitoriosa carreira artística.

Para escrever Elias Andreato – a máscara do improvável /Editora HumanaLetra, o jornalista Dirceu Alves Jr. foi insistente com a ideia de biografar o artista, que finalmente cedeu e durante três meses contou sua história de vida, desde o encontro dos pais, os jovens José Vicente e Alzira, trabalhadores rurais do interior do Paraná que se casaram e logo formaram uma família numerosa, as frustrações e o vício com álcool do pai, a transferência para São Paulo onde se estabeleceram na Vila Anastácio, as dificuldades na cidade grande, até seu fascínio pela cantora Maria Bethânia e a decisão pela carreira artística.

Deste relato, Dirceu consegue não só contar o passo a passo de Elias na carreira — do teatro amador, a sua passagem como camareiro e contrarregra, a estreia profissional ao lado de grandes nomes do teatro e a sequência de sucessos, como os premiados solos sobre Van Gogh e Oscar Wilde, até os recentes trabalhos — como mostrar como ele criou seu próprio método criativo baseado em muita leitura e pesquisa. A vida pessoal de Elias também vem à tona, mas o essencial é ressaltado, sua fidelidade aos amigos (como o laço criado com Paulo Autran e Karin Rodrigues) e seu amor incondicional ao teatro.


“E do amor gritou-se o escândalo/
Do medo criou-se o trágico”
Rosa dos ventos, Chico Buarque

Já no prefácio do livro Marília Gabriela (que dividiu o palco com Elias em 2015 na comédia Vanya e Sonia e Masha e Spike, de Christopher Durang) fala da honra de ser amiga dele, além de afirmar que “a vida de Elias é uma obra de arte, é rara.”

Livro: Elias Andreato -a máscara do improvável, foto 2

O ator e diretor no lançamento do livro

 

Como não poderia deixar de ser, Dirceu começa o livro contando a primeira vez em que Elias foi ao teatro, para assistir ao show Rosa dos Ventos, de sua musa Maria Bethânia. O jovem Elias saiu de lá com a convicção de que a carreira artística era o seu destino. A partir daí, o autor começa, de forma cronológica, a contar a história de vida de Elias Andreato, desde sua infância no interior do Paraná até os dias de hoje, com uma intensa e grandiosa carreira no teatro, no cinema e na TV (poucas atuações como ator, mas participou da redação de vários programas).

 

 

Ao final de cada capítulo, Dirceu faz um arremate do que foi relatado e desta forma introduz a nova etapa, deixando o leitor preso à narrativa. Além das extensas entrevistas com o biografado, o autor entrevistou diversas pessoas próximas de Elias, como a mãe, a irmã Sueli (a Sula), o irmão mais velho, o designer gráfico Elifas Andreato, que o ajudou e o apresentou a diversas pessoas do meio artístico, assim como atores e diretores que conviveram e convivem com ele, como Renato Borghi (com quem foi casado), Marcio Aurelio, Antonio Fagundes, Esther Góes, Celso Frateschi, Juçara Moraes, Vivien Buckup, Nilton Bicudo e Marcia Abujamra dentre outros.

 

 

Mais do que o detalhamento da carreira artística de Elias Andreato, o livro traz, como pano de fundo, um painel das artes cênicas no Brasil destas últimas décadas — há 26 fotos e um anexo com a relação completa dos trabalhos de Elias. O relato profissional é permeado com histórias pessoais do artista e de suas dificuldades diante de doenças e da morte (tanto pessoal como de amigos queridos como a companheira de cena Edith Siqueira). No entanto, a obra consegue traçar um profundo perfil deste grande artista brasileiro:

 

 

“Elias Vicente Andreato sobe ao palco com uma urgência que o move e uma profunda devoção que o faz aproveitar cada trabalho como se fosse o último, com a mesma intensidade dos românticos e o pessimismo dos trágicos”, conclui o jornalista Dirceu Alves Jr.

 

Livro: Elias Andreato - a máscara do improvável, foto 3

Capa do livro, Editora HumanaLetra

 

 


Ficha técnica:

Título: Elias Andreato – a máscara do improvável
Autor: Dirceu Alves Jr.
Editora: Humana letra, 173 pgs
Preço: R$ 43
Fotos: divulgação

 

Marcos Zaccharias Publicitário
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Uba

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: