Filme: Amigos, foto 1

Em Os Amigos, de Lina Chamie, Marco Ricca conduz trama sobre o afeto

De em dezembro 3, 2014

Filme: Amigos, foto 1

Marco Ricca e Dira Paes são Théo e Majú, que mantêm uma amizade duradoura

Assim como fez em seus dois outros longas — Tônica Dominante e Via Láctea  —, a diretora paulistana Lina Chamie usa a cidade de São Paulo como forte elemento narrativo em Os Amigos. A capital paulista desponta no horizonte e na tela já na cena de abertura, quando Théo, vivido por Marco Ricca, acorda e a primeira coisa que faz é abrir a janela.
A trama retrata 24 horas na vida de Théo, um arquiteto bem sucedido, que abatido pela morte de Juliano (Otávio Martins), seu melhor amigo, realiza todas as tarefas daquele dia refletindo sobre sua existência e sua relação afetiva com as pessoas. Em diversos momentos do dia ele se lembra da infância e da forte relação de amizade que mantinha com Juliano e o passado passa a conduzir a história, com destaque para a interpretação dos garotos Lucas Zamberlan e Davi Galdeano que vivem Théo e Juliano na infância.

Filme: Os Amigos, foto 2

Os garotos Davi Galdeano e Lucas Zamberlan vivem Juliano e Théo na infância

Em ritmo pausado, sem sofreguidão, o filme é conduzido pelo arquiteto, que percorre a cidade ao mesmo tempo que deixa fluir as lembranças. Outro recurso narrativo utilizado por Lina, que também assina o roteiro, é a correlação da história de Théo com a de Ulisses, do épico Odisseia de Homero.

Enquanto Ulisses, depois de 10 anos passados na guerra, inicia sua volta para casa, enfrentando desafios, tormentas e aventuras — cenas interpretadas por crianças numa encenação —, Théo sai de casa e também enfrenta desafios no trânsito, conflitos com seus clientes do escritório, precisa se abrigar de uma chuva torrencial, tem momentos contemplativos e idílicos com a amiga Majú (Dira Paes) e seus filhos e, finalmente, volta para casa, modificado internamente, fechando um ciclo. Vários momentos do dia de Théo são entrecortados pela encenação das crianças e pelas lembranças reveladoras da infância. O contraponto na vida do arquiteto é justamente Majú, que o conhece como ninguém. Uma das questões que eles desenvolvem é sobre a correlação entre o amor e a amizade.

Filme: Os Amigos, foto 3

Alice Braga e Caio Blat fazem uma participação como clientes do escritório de Théo

 

Os Amigos é um filme intimista, reflexivo e que fala do afeto e do vínculo de amizade entre as pessoas, que hoje em dia, neste turbilhão de informações e tecnologia em que vivemos, estão relegados a um segundo plano. Marco Ricca, numa atuação sensível e emocionante, disse, quando do lançamento do filme, que com o tempo as pessoas se fecham e restringem as amizades e que ele, depois das filmagens, está tentando se abrir e deixar “a porta aberta” para novos e velhos amigos. Uma sugestão que também poderíamos tentar!

 

 

Fotos: divulgação

 

http://virginiagaia.com.br/

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento