Livro: FIM de Fernanda Torres, foto 1

FIM: romance marca a estreia da atriz Fernanda Torres na literatura

De em janeiro 7, 2014

Livro: FIM de Fernanda Torres, foto 1

Capa do primeiro romance da atriz que narra a trajetória de 5 amigos cariocas

“Paro para procurar/
 Para me preparar/
 Para nunca parar

Canção de Tulipa Ruiz e Gustavo Ruiz

 

Depois da parada para as festas de Natal e Reveillon, nada melhor do que neste primeiro post de 2014 iniciar com um trecho da bela canção Quando eu achar, do álbum Tudo Tanto, de Tulipa Ruiz.

Recomeçar um ano com as baterias recarregadas. O recesso de final de ano foi providencial, inclusive para colocar as leituras em dia. E o romance de estreia de Fernanda Torres, FIM, da Companhia das Letras, foi o primeiro que devorei, literalmente.
Com uma linguagem ágil e direta, a autora nos coloca de imediato no universo da boemia carioca dos anos 60 e 70: cinco amigos, que se conheceram na praia e se tornaram companheiros das festas regadas a bebidas, drogas e sexo, relatam suas experiências na primeira pessoa. No entanto, os depoimentos dos personagens (Álvaro, Sílvio, Ribeiro, Neto e Ciro) são relembrados no final de vida de cada um deles, momentos antes de suas mortes.

Livro: FIM, de Fernanda Torres, foto 2

Fernanda no lançamento da obra

Conhecida do grande público como atriz de TV, cinema e teatro, Fernanda Torres lançou seu primeiro romance no final de 2013. No entanto, a veia literária da atriz vem sendo alimentada há anos: ela é colunista do jornal Folha de S.Paulo e da revista Veja Rio. E o livro é fruto de um projeto do diretor Fernando Meirelles, que pretendia lançar uma obra de contos sobre a velhice e depois adaptá-lo para a TV. Como o projeto não vingou, Fernanda resolveu juntar ao conto inicial outras histórias, pois sentia que havia fôlego para um romance.
FIM é constituído da trajetória dos cinco amigos cariocas, que rememoram suas existências pouco antes de morrerem. Cada capítulo começa com o personagem narrando em primeira pessoa sua experiência ao lado dos amigos; em seguida, aparece o narrador (na terceira pessoa) relatando tanto as histórias já contadas pelo personagem, mas com a visão e o ponto de vista dos outros amigos, assim como a versão dos fatos do ponto de vista dos antagonistas destas histórias. Desta forma o leitor vai construindo um verdadeiro painel daquele momento histórico do Rio de Janeiro, com o auge da bossa nova e a efervescência cultural dos anos 60, que revolucionou os costumes e a sociedade brasileira como um todo.

Álvaro, que abre o livro, é um solitário atormentado pela velhice; contador e casado com Irene, ficou brocha logo que se casou e é o último dos amigos a morrer. O bancário Sílvio foi casado muito pouco tempo com Norma e nunca abandonou as drogas e as orgias, tanto que morre numa farra de Carnaval. Já Ribeiro é o atlético deles todos e nunca se casou, mas apela à medicina para ganhar sobrevida, usa todo o tipo de medicamento e suplementos. Neto, por sua vez, é o careta do grupo: negro e casado com a mulata Célia, nunca usou drogas e é incapaz de trair a mulher e os amigos. Desespera-se com a morte da esposa e não vê sentido viver sem ela. Por último, Ciro é o conquistador eterno do grupo. Muito bonito, casa-se com Ruth e por dez anos vivem em lua de mel, mas num determinado dia resove voltar à boemia, para desespero da esposa. É o primeiro a morrer de câncer. Os cinco, com 70, 80 anos, são melancólicos e resignados sobreviventes de uma geração que viveu a contracultura e tenta resgatar o desbunde perdido.

Livro: FIM, de Fernanda Torres, foto 3

Livro editado pela Companhia das Letras

 

 

Para redigir esta resenha, resolvi montar um painel com os personagens, suas histórias e os diversos cruzamentos que a autora nos propõe. Tente, ao ler, criar seu próprio painel desta história fascinante e evolvente!

 

 

 

 

 

Fotos: divulgação


4 Comentários

juliano cesar de oliveria

abril 29, 2014 @ 18:52

Resposta

Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado…me fez se interessar pelo livro….mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei… se trata de um livro arrebatador…ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos…..e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história…..acesse o link da livraria cultura e digite reverso…a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
http://www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

Maurício Mellone

abril 30, 2014 @ 12:09

Resposta

Juliano:
A Fernanda Torres se mostrou uma excelente ficcionista!
Obrigado pelos elogios e pela dica de leitura
abr

conceição ap souza

janeiro 8, 2014 @ 12:58

Resposta

Mauricio,
sobre o livro da Fernandinha : Comprei o livro em Dezembro antes das minhas férias e não gostei. Acho que merece uma leitura mais atenta, inspirada pela sua resenha.

Vou reler e te conto se melhorou a minha opnião.

Beijos
Con

Maurício Mellone

janeiro 8, 2014 @ 14:07

Resposta

Conceição:
Que bom q vc desta vez conseguiu deixar comentário!
Há aspectos bem interessantes no primeiro romance da Fernanda:
o painel de uma época, por meio da trajetória de vida dos 5 amigos
cariocas e boêmios, é um dos que me chamou mais a atenção.
A troca de focos (cada um dos 5 amigos e seus antagonistas) também
merece destaque. Tomara q de férias vc possa analisar sob outra ótica
a obra.
Muito obrigado pela participação e volte sempre!
bjs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento