FLIP – 10 Anos de sucesso

De em julho 12, 2012

Luís Fernando Veríssimo fez a palestra de abertura do evento

A grande Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) completou 10 anos e desta vez, como não pude comparecer, tive a honra de contar com a participação do meu amigo Imad Nasser, que com entusiasmo esteve presente e relata com exclusividade para o Favo suas impressões sobre o evento. Obrigado, Imad, por sua primeira incursão aqui no blog e que seja a primeira de muitas outras. Que as palavras do meu amigo possam não só informar como aguçar a curiosidade dos leitores para estarem em Paraty nas próximas edições da FLIP. Não se esqueçam de deixar seus comentários!

De 4 a 8 de julho aconteceu a 10ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty. A cada ano um escritor brasileiro é homenageado. Desta vez, a honra coube ao poeta Carlos Drummond de Andrade. É quase certo que em 2013 a homenagem será para o escritor Graciliano Ramos.
Fui ao evento pela quinta vez e pela quinta vez fiquei satisfeito com tudo o que vi e senti. Há pedras no caminho, como disse o poeta, mas é isso que faz a graça do centro histórico da cidade, onde topamos com escritores do nosso gosto, vindos de todas as partes do mundo, que explicam o modo como criam suas histórias e dão vida a seus personagens.

Com o show ‘Chão’, Lenine apresentou-se na primeira noite da FLIP

As palestras da FLIP acontecem na Tenda dos autores e são transmitidas para telões próximos a ela. Editoras e jornais brasileiros alugam espaços para promover seus trabalhos e organizam palestras gratuitas com jornalistas e escritores, onde café, vinho, petiscos são servidos e ainda há acesso livre à internet.
À noite, a multidão se reúne nos bares da praça da matriz, experimenta-se cachaça da melhor qualidade e é possível conversar com pessoas cultas,
bem-informadas, enfim, interessantes.
As despesas não são módicas. É recomendável reservar lugar em pousadas com bastante antecedência. Os restaurantes em geral são caros, mas há outras opções, como barracas e tendas de alimentos espalhadas pela cidade, que tornam o passeio menos dispendioso.
São cinco dias de palestras, shows e baladas. Lenine abriu a festa deste no. Antes dele, o genial escritor Luís Fernando Veríssimo deu as boas-vindas aos participantes e fez um balanço dos 10 anos de FLIP.

Há 10 anos Liz Calder (criadora da Flip) conspira para nos deixar mais inteligentes”, disse o escritor gaúcho.

Imad Nasser esteve em Paraty e escreve sobre a FLIP/2012

Durante o evento, fomos brindados com debates dos quadrinistas Laerte e Angeli, além de uma divertida mesa formada pelo poeta Fabrício Carpinejar e a escritora escocesa Jackie Kay. Houve muitos outros debates, alguns deles destacando a importância da obra do grande poeta homenageado, Carlos Drummond de Andrade. O escritor Silviano Santiago falou sobre a vida e obra do poeta, além de ter lido alguns de seus poemas.
Não raro lágrimas foram derramadas pelo público que ouvia atentamente a leitura de poemas e textos de inexcedível beleza.
O corpo pode ficar cansado com a maratona de eventos que marcam os cinco dias da festa, mas a alma sai satisfeita e ansiosa pela próxima edição. 

Imad Nasser

 

Fotos: divulgação

Favo do Mellone
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Uba

6 Comentários

MistiChill

julho 17, 2012 @ 10:39

Resposta

A edição deste ano foi muito bom, eu agradeço a sua crónica do evento!
Saúde Imad!

Maurício Mellone

julho 17, 2012 @ 16:44

Resposta

MistiChill:
Que bom q vc gostou do texto do Imad, que colaborou pela primeira vez no blog, para
minha alegria!
Não pude ir este ano à FLIP, mas sei q o evento foi um sucesso, como sempre.
Obrigado pela visita e volte outras vezes, tenho sempre dicas da produção cultural
contemporânea.
abr

Frank

julho 13, 2012 @ 10:32

Resposta

Ah!
Se eu pudesse vende “O Escritor Renasceu” ou “A Escola de Ontem” nesa FLIP!!!
Um abraço.

Maurício Mellone

julho 13, 2012 @ 10:47

Resposta

Frank:
A FLIP é uma ótima vitrine e um evento literário dos mais importantes do país.
Os espaços são das editoras: comercialização seria por meio delas.
Obrigado pela visita
abr

Dolly Khouri

julho 13, 2012 @ 08:53

Resposta

Imad,

Gostei muito do seu relato super motivador, o turismo cultural agradece e muito!
Quando leio sobre a Flip, sempre me lembro de você que personifica tão bem o visitante do evento!
bjs e Parabéns!
Dolly

Maurício Mellone

julho 13, 2012 @ 10:50

Resposta

Dolly:
Solicitei ao Imad que escrevesse sobre a Flip justamente
porque ele é um assíduo frequentador deste evento literário importantíssimo.
E acertei ‘na mosca’: o texto dele é mesmo motivador!
Obrigado pela visita e volte sempre, encontrará por aqui dicas da produção
cultural recente.
abr

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: