Mostra: Futuros do Futuro, foto 1

Futuros do Futuro: mostra de Sou Fujimoto até fevereiro na Japan House

De em novembro 27, 2017

Mostra: Futuros do Futuro, foto 1

Maquete criada pelo arquiteto japonês para um edifício residencial 

São Paulo, mais especificamente o cartão postal da cidade, a Avenida Paulista, ganhou recentemente duas novas casas de cultura, cada uma delas localizada numa extremidade da avenida. Próximo à Rua da Consolação o IMS- Instituto Moreira Salles inaugurado em setembro último oferece amplas salas de exposição, um cineteatro, além de biblioteca, salas de aula, lojas e um café-restaurante. Já no lado oposto, no início da Paulista, está localizada a Japan House , que também dispõe de salas para exposições, ambientes para conferências e palestras, lojas com produtos importados do Japão, um jardim, além de restaurante e um café.
Numa criação do governo japonês para difundir a cultura do país do sol nascente para a comunidade internacional, a Japan House São Paulo acaba de inaugurar a mostra Futuros do Futuro, do premiado arquiteto Sou Fujimoto. O trabalho de Fujimoto revela uma estética poética representativa da arquitetura japonesa contemporânea.  A exposição está disposta em dois espaços da linda casa de cultura: no térreo os visitantes têm acesso aos experimentos do artista, que visam encontrar o potencial arquitetônico dos objetos do cotidiano. Já no primeiro andar encontram-se maquetes de trabalhos já executados pelo arquiteto e os que ainda estão em fase de estudos e planejamento.

Mostra: Futuros do Futuro, foto 2

‘A arquitetura está em todos os lugares’: poesia do artista nos objetos do cotidiano

Aos 46 anos, Sou Fujimoto coleciona prêmios e tem reconhecimento internacional, principalmente por seu entendimento único do espaço. Sua arquitetura é resultado de um processo incessante de pesquisa e seus trabalhos estabelecem uma relação harmônica e profunda entre a arquitetura e a natureza. Logo ao entrar, o visitante se depara com a visão poética do artista. Com o tema ‘A arquitetura está em todos os lugares’, estão distribuídos em banquetas os objetos do cotidiano em que Fujimoto procura encontrar o potencial arquitetônico deles. O visitante encontra desde esponja de banho, caixas de fósforos, bolinhas de ping pong, grampos de papel, até batatas chips, tudo em formato de edifícios, praças e casas.

Depois desta aventura lúdica, o visitante chega ao primeiro andar e tem acesso às obras técnicas do arquiteto: são inúmeras maquetes tanto dos projetos já executados como também dos estudos de futuras obras a serem construídas pelo mundo. E fica nítida a característica do artista japonês: sua preocupação em criar ambientes que estabeleçam uma harmoniosa relação entre a arquitetura e a natureza. Ao lado das maquetes, nas paredes estão expostos grandes painéis com as praças, edifícios e residências criados por Fujimoto.
Sem dúvida, um passeio educativo e de extrema beleza, com duas vantagens: os ingressos são gratuitos e a mostra fica em cartaz até fevereiro. Imperdível!

Mostra: Futuros do Futuro, foto 3

Foto de um edifício projetado por Fujimoto


Roteiro:
Futuros do Futuro
exposição do arquiteto japonês Sou Fujimoto. Horários: de terça a sábado das 10h às 22h; domingos e feriados das 10h às 18h. Entrada franca.

Temporada: até 04 de fevereiro de 2018.
 

 

 

 

Fotos: divulgação


2 Comentários

Dinah Sales de Oliveira

novembro 27, 2017 @ 18:02

Resposta

Maurício,
Nossa, que demais isso, vou lá conferir a exposição, mesmo porque até agora não fui conhecer a Japan House!
Aproveito sua resenha como desculpa pra visitar a casa.

bj,
Dinah

Maurício Mellone

novembro 28, 2017 @ 14:12

Resposta

Dinah,
vc vai adorar! É linda a casa japonesa de cultura!
E a mostra do Fujimoto vale muito! Não perca
bjs e obrigado pela visita (constante!)

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento