Filme: Greta, foto 1

Greta: Marco Nanini protagoniza filme inspirado em peça teatral

De em outubro 23, 2019

Filme: Greta, foto 1

Marco Nanini vive um enfermeiro gay que se envolve com um assassino

Longa-metragem de estreia do cearense Armando Praça, Greta, é livremente inspirado na peça teatral de Fernando Melo, Greta Garbo, quem diria acabou no Irajá — montada em 1993 por Wolf Maya, com Raul Cortez, Eduardo Moscovis e Elizângela nos papéis centrais.

 

Com roteiro assinado pelo diretor, a trama revela o cotidiano do enfermeiro homossexual, de 70 anos, Pedro — excepcional interpretação de Marco Nanini —, que trabalha num hospital público de Fortaleza/CE. No dia de sua folga, ele volta ao local de trabalho, mas desta vez parta tentar internar sua amiga transexual, Daniela, vivida por Denise Weinberg, que sofre de graves problemas de saúde. Por falta de vaga na ala feminina, Pedro consegue deixá-la na maca, num canto da ala masculina do hospital, que está lotado. No meio da noite, são internados vítimas de um assalto, inclusive Jean (Demick Lopes), um homem que foi esfaqueado: ele praticamente obriga Pedro a sequestrá-lo. A partir deste ato a vida do enfermeiro sofre uma grande mudança.

Filme: Greta, foto 2

Pedro (Nanini) cuida de Jean (Demick Lopes) e se apaixona por ele

 

 

Com receio mas ao mesmo tempo sentindo-se atraído por aquele homem, Pedro leva Jean para casa e começa a tratar dele. No dia seguinte, o enfermeiro, no hospital, sabe que amiga se recusou a ficar internada e descobre que Jean é procurado pela polícia por ter matado um homem a facadas. Ele quer saber a verdade e Jean diz que apenas se defendeu durante a briga; mas o enfermeiro o expulsa de casa. No entanto, Pedro já estava envolvido demais na história e cede aos apelos de Jean.

Paralelamente, Daniela volta a se apresentar na boate, mesmo estando em estado terminal da doença. Entre ela e Pedro não há segredos e Daniela sabe que o amigo esconde o assassino em sua casa; cúmplices na vida, a artista transexual pede que o enfermeiro a ajude a interromper seu sofrimento físico. Pedro não concorda com ela, mas também não tem forças para impedi-la.

 

 

Diálogos curtos e tomadas com câmera fixa (sem o contraplano) deixam o filme ainda mais tenso e introspectivo. Pedro, que tem fixação pela atriz Greta Garbo (famosa pela frase I want to be alone/ quero ficar sozinha), em seus devaneios sexuais pede que os parceiros o chamem de Greta. E o destino de Pedro é o mesmo de sua musa, o de estar sempre só e abandonado. Filme tocante, com grandes atuações, tanto de Nanini como de Denise Weinberg. Destaque para as cenas finais, em que o diretor inclui uma tomada da grande atriz sueca e sobrepõe com as do personagem central.

Filme: Greta, foto 3

Grandes atuações de Nanini e Denise Weinberg

 

Fotos: divulgação

 

Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: