Protesto de rua, foto 1

“Oh, oh, o povo acordou! Oh, oh, o povo acordou!”

De em junho 18, 2013

Protesto de rua, foto 1

Imagem captada por Mônica Mellone da Av. Faria Lima na noite do dia 17/06, com as pessoas em protesto pacífico

Voltar a pé pra casa ontem à noite depois de uma reunião que aconteceu no 19º andar de um prédio na Avenida Faria Lima, por onde passou parte das pessoas que participavam das manifestações em São Paulo, foi uma sensação de alegria. Além do grande número de pessoas — se nos primeiros protestos eram só estudantes, ontem eram jovens, adultos, estudantes, trabalhadores, gente comum —, o clima da manifestação foi de tranquilidade, com todos sinalizando que estão descontentes e insatisfeitos.

 

Oh, oh, o povo acordou! Oh, oh, o povo acordou!

Protesto de rua, foto 2

Insatisfação não somente pelos 0,20 centavos de aumento das tarifas de ônibus, metrô e trens da cidade. Estes centavos são a gota d’água que faltavam para que as pessoas tomassem as ruas para protestar contra as péssimas condições que se encontram o transporte coletivo. Poucas linhas, superlotação em diversos horários do dia, falta de linhas durante a noite e madrugada, horário limitado do Metrô (como uma cidade do porte de São Paulo pode conviver com o término do serviço à meia-noite?) e condições precárias das linhas ferroviárias. Para este descaso com o setor de transporte coletivo, vem o tal do aumento das tarifas!
Insatisfação com o aumento dos juros, a volta da inflação e da carestia. O primeiro susto foi no início do ano com o preço estratosférico do tomate! E a ida ao supermercado e feiras-livres voltou a ser um martírio: com a mesma quantidade de dinheiro, volta-se cada vez com menos produtos (de primeira necessidade!)
Insatisfação com o aumento de impostos. Temos uma das maiores cargas tributárias do mundo e o retorno deste montante de dinheiro para a população é ridículo!
Insatisfação com a corrupção. Se finalmente depois de longos sete anos o STF conseguiu julgar e condenar os políticos, empresários e banqueiros envolvidos no esquema de desvio de verba pública — o chamado mensalão —, ninguém ainda viu estes réus pagando pelos crimes cometidos. Pelo contrário: há políticos (condenados pelo STF) que continuam exercendo mandato no Congresso Nacional!
Insatisfação contra os desmandos e gastos astronômicos (com verbas superfaturadas) para construção de estádios de futebol (que agora são arenas… argh nome que me remete ao partido dos militares durante a ditadura) para a Copa do Mundo e Copa das Confederações.

Protesto de rua, foto 3

Bom, a lista de insatisfações é imensa. Melhor parar por aqui. Os governantes, tanto do Palácio do Planalto, como dos Estados e municípios, já foram avisados. Ninguém está satisfeito com os rumos do nosso país. E os partidos políticos também receberam um recado das ruas: as bandeiras de alguns partidos foram rechaçadas pela população ontem durante as manifestações aqui em São Paulo. E em Brasília, a população em protesto conseguiu invadir até o teto do Congresso Nacional: quer maior representação da insatisfação geral da população contra seus governantes do que esta?
A violência e vandalismo, infelizmente, ainda aconteceram (no Rio com invasão da Assembleia Legislativa e destruição de prédios do centro histórico). Mas os autores da violência não representam a massa de mais de 100 mil pessoas que marcharam pela cidade maravilhosa em manifestação pacífica!
Governantes e classe política: o povo acordou de verdade! Minha torcida é para que excessos sejam contidos, tanto dos manifestantes como, principalmente, da polícia.
Torço também para que haja bom senso quanto à quantidade de manifestações. Pode haver desgaste do movimento se todo o dia houver protesto nas ruas.


2 Comentários

Imad

junho 26, 2013 @ 23:45

Resposta

Saímos da acomodação a que estávamos habituados e temos ido às ruas protestar e exercer a cidadania.
Felizmente, temos visto frutos, né, meu caro?!
A revogação do reajuste da tarifa de ônibus; a derrubada da indigna PEC 37; a redução do número de salários recebidos pelos congressistas.
Enfim, que continuem as manifestações pacíficas!

Maurício Mellone

junho 27, 2013 @ 14:19

Resposta

Imad,
É isto aí, depois da retomada das manifestações
de rua os três poderes também resolveram acordar.
Estamos vendo q o executivo já revogou tarifas de ônibus,
o judiciário (STF) autorizou prisão de deputado corrupto e o
legislativo está correndo com votações de projetos q há
anos estavam engavetados. Já é um começo: continuemos a exigir nossos
direitos. O projeto da odiosa ‘cura gay’ ainda não foi vetado!!!!
Obrigado pela visita e pela contribuição!
bjs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento