Filme: SP-Crônicas de uma cidade real, foto 1

Primeiro longa-metragem de Elder Fraga está em fase de montagem

De em agosto 1, 2017

Filme: SP-Crônicas de uma cidade real, foto 1

Cartaz do primeiro longa-metragem de Elder Fraga

Elder Fraga, que já dirigiu sete curtas-metragens e conquistou mais de 20 prêmios nacionais e internacionais, está numa fase de grande produção. Acabou as filmagens de seu primeiro longa-metragem, SP: Cônicas de uma cidade real, que já entrou na fase de montagem.

“Espero estar com o filme pronto até o final deste ano para poder participar dos principais festivais de cinema a partir do primeiro semestre de 2018. Este projeto é um sonho antigo, que só pude realizá-lo graças ao apoio e ao empenho de toda a equipe”, confessa o diretor.

Filme: SP-Crônicas de uma cidade real, foto 2

O diretor orienta Julio Rocha nas filmagens

O filme tem como personagem central a cidade de São Paulo, que é a mais populosa do país e a sétima mais populosa do mundo. O roteiro foi construído unindo cinco histórias que se passam na cidade. De acordo com o diretor, no meio de tanta gente, de tanto espaço e de tanta diversidade e oportunidade, não existe liberdade. “Muita gente se sente presa e a maioria das pessoas sente que não há segurança. E quando a violência atinge picos absurdos, beirando a barbárie, cada cidadão tem potencial para protagonizar sua própria crônica, seja ela policial ou apenas uma tragédia anunciada”.
Contando com mais de 25 atores, entre eles Luciano Chirolli, Júlio Rocha, Rubens Caribé, Ricardo Gelli, Nicolas Trevijano, Gustavo Haddad, Gabriela Wazlawick, Luciano Gatti, Camila dos Anjos e Ando Camargo, o filme foi rodado em seis semanas e é constituído de vários gêneros:

“O filme traz cinco crônicas, o que me possibilitou trabalhar gêneros diferentes em cada uma delas. Assim o espectador vai encontrar um pouco de drama, humor negro, ação, terror e policial no mesmo filme”, explica Fraga.

Filme: SP-Crônicas de uma cidade real, foto 3

Luciano Chirolli está numa das 5 histórias

Antes do início das filmagens, pude participar de um dia de treinamento com os atores. Ministrado pelo delegado de polícia do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa), Dr Paulo Bilynskyj, o treinamento teve o objetivo de ensinar como manusear armas e como se portar em ações policiais, já que a primeira história do filme é sobre o resgate de um informante, com cenas de ação e violência. Na época Elder Fraga me concedeu uma entrevista exclusiva, que pode ser acessada na TV MELLONE, aqui no blog, ou no meu canal do You Tube .
Além da fase final de produção do filme e dos preparativos para o seu lançamento, o diretor já tem planos para o próximo trabalho: logo no início de 2018 ele dá início à produção da série A fantástica biblioteca de Tatiana Belinky.
Aguardemos!

 

Fotos: divulgação


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento