Filme: Rânia, foto 1

Rânia: filme cearense mostra adolescente que quer se tornar bailarina

De em abril 1, 2013

 

Filme: Rânia, foto 1

Graziela Felix é a protagonista do filme dirigido por Roberta Marques

Ainda com pouca difusão no sudeste e sul do país, aos poucos o cinema realizado no nordeste brasileiro começa a ganhar espaço por aqui. Vencedor do Festival Internacional de Cinema Feminino, realizado no Rio no ano passado, o filme produzido no Ceará Rânia, da diretora Roberta Marques, está em cartaz na cidade.
Com tratamento delicado e sensível, o roteiro, assinado em parceria entre a diretora e Luisa Marques, destaca a vida de Rânia, interpretada por Graziela Felix, uma adolescente que estuda em escola pública e é filha de pais separados. Ela vive no morro de Santa Teresinha, em Fortaleza, com a mãe que é costureira (Ângela Moura) e dois irmãos, mas está sempre em contato com o pai, um rude pescador (Kennedy Saldanha). Além de ajudar nos afazeres de casa, Rânia ganha uns trocados como garçonete no quiosque de praia de Dedé (Demick Rocha) e faz aulas de dança. Sua vida se transforma quando conhece a bailarina Estela, interpretada por Mariana Lima, que está de volta a Fortaleza com o intuito de montar uma companhia de dança. 

Filme: Rânia, foto 2

Graziela divide a cena com Mariana Lima, que vive uma coreógrafa


Com poucas falas e vários planos-sequência (filmagem da ação contínua, sem cortes), o espectador acompanha a evolução e crescimento da garota. No início, Rânia é vista na escola e na praia com seus amigos. Logo começa a se envolver com Zizi (Nataly Rocha), que acabara de chegar da Itália e trabalha como garota de programa na boate Sereia da Noite. O grande prazer de Rânia, no entanto, é dançar; a convite da amiga, ela começa a se apresentar na boate como bailarina.
A da vida da menina toma novo rumo a partir do momento que  ela se aproxima de Estela. A coreógrafa se dá conta do diamante bruto que está à sua frente e resolve investir no talento da garota. Com uma turnê internacional agendada, Estela almeja contar com Rânia em sua companhia e a garota vê no convite a grande chance de sua vida.
Mariana Lima dispensa qualquer elogio — assim como em A Busca, aqui novamente imprime seu talento e é extremamente generosa ao dividir os holofotes com a estreante Graziela Felix. Com um elenco enxuto, todos os atores trazem seu brilho para esta história simples e muito bem contada.
Fotos: divulgação


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento