Filme: Rocketman, foto 1

Rocketman: cinebiografia de Elton John dirigida por Dexter Fletcher

De em junho 6, 2019

Filme: Rocketman, foto 1

Taron Egerton dá vida ao astro do pop, o britânico Elton John

 

Considerado um dos maiores astros da música pop mundial, o cantor, compositor, pianista e produtor Elton John finalmente ganha uma cinebiografia. Rocketman, do diretor Dexter Fletcher — chamado de última hora para substituir Bryan Singer em Bohemian Rhapsody, sobre a carreira de Freddie Mercury e da banda Queen — faz um recorte na vida do artista britânico para contar a trajetória de sucesso por meio de seus hits. O responsável por viver o astro é o ator Taron Egerton.

 

Com roteiro de Lee Hall, a trama começa com Elton John, com um de seus figurinos espalhafatosos de shows, entrando para uma reunião de narcóticos anônimos. Por meio de depoimentos na sessão de terapia e das canções, o diretor reconta a vida do astro, a começar pela precoce iniciação musical, a difícil relação com os pais, o ingresso como bolsista na famosa Royal Academy of Music, a parceria que perdura até hoje com Bernie Taupin (vivido por Jamie Bell), a relação amorosa com o empresário John Reid (Richard Madden), o envolvimento com as drogas e o estrondoso sucesso mundial.

 

Filme: Rocketman, foto 2

Cena de uma das primeiras apresentações de Elton nos EUA

 

O filme não tem a pretensão de retratar todos os momentos da vida de Reginald Kenneth Dwight , nome de batismo de Elton John, mas faz um recorte em sua trajetória para reconstituir principalmente os anos de sua formação. A solução encontrada — a de concentrar o astro no período de tratamento e desintoxicação das drogas — faz com que o público conheça os momentos da vida do artista por meio das canções. Desta forma a trama sai da reunião terapêutica para os períodos da vida de Elton, desde quando ele começa a tocar piano ainda muito pequeno, passando pelos primeiros estudos incentivados pela avó materna (o pai, um ex-militar durão totalmente ausente, e a mãe que também não o incentivava), seu ingresso na academia de música, sua primeira banda Bluesology, seu encontro com Bernie Taupin (ambos se conheceram por meio de um anúncio para contratar compositores), o envolvimento amoroso com o empresário John Reid, os primeiros sucessos, o estouro nas paradas dos Estados Unidos e a implacável relação entre sexo, drogas e rock’n roll.

 

 

Filme: Rochetman, foto 3

Elton( Egerton) e Bernie Taupin (Jamie Bell): parceria que perdura até hoje

Mesmo de forma pouco esclarecedora, o filme mostra o casamento de Elton com a engenheira de som Renate Blauel (ficaram juntos só quatro anos), sua tumultuada vida gay e as tentativas de suicídio, como a que ele se jogou da piscina depois de ingerir muitos medicamentos. Intencionalmente o roteiro não avança na vida do artista, privilegia o início e os anos de ouro da carreira até a década de 1980. As cenas de Elton durante o tratamento também recebem destaque e os fãs têm a chance de assistir aos shows em que o astro apresenta seus grandes sucessos. Ao final, o diretor expõe imagens reais de Elton John ao lado das filmadas com o ator Taron Egerton. Sem dúvida um filme que agrada a imensa legião de fãs do astro assim como o público em geral. Não perca. Como aperitivo, fique com o clipe da canção Rocket Man, que dá título ao filme, na apresentação de Elton em 1972 no Royal Festival Hall, de Londres:

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: divulgação

Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Marcos Zaccharias Publicitário

2 Comentários

Adriana Bifulco

junho 7, 2019 @ 09:48

Resposta

Seu texto é um presente, Ma. Vou assistir ao filme este fim de semana e imagino o que está por vir. Beijo grande!!

Maurício Mellone

junho 7, 2019 @ 10:27

Resposta

Adriana,
tenho certeza q vc vai curtir muito a cinebiografia do Elton John.
Bjs e obrigado pela visita

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: