Mãe+Mãe: filme revela a luta de duas mulheres que desejam ter um filho

De em março 12, 2021

Linda Caridi e Maria Roveran protagonizam o filme da diretora italiana Karole Di Tommaso

 

 

Em tempos de recrudescimento da pandemia da Covid-19, com cinemas, teatros e casas de espetáculos fechados, a alternativa de entretenimento são as transmissões online de peças e filmes. É o caso do longa-metragem italiano Mãe+Mãe, da diretora Karole Di Tommaso, um lançamento Supo Mungam Plus, que pode ser assistido gratuitamente durante uma semana a partir de hoje, sexta, dia 12/03 (para assinaturas, consulte o site).

 

 

Com roteiro assinado pela diretora e por Chiara Ridolfi, a trama é inspirada em história real e revela o amor entre duas lindas mulheres Ali e Karole, interpretadas respectivamente por Maria Roveran e Linda Caridi, que desejam ser mães. A luta das duas é imensa, justamente por viverem numa sociedade conservadora e preconceituosa.

 

O filme começa com as duas mulheres muito felizes levando um carrinho de bebê; no entanto, logo percebem que a filha não está no carrinho e iniciam uma corrida para tentarem descobrir o paradeiro da criança. O espectador, sem entender direito, descobre que tudo não passa de um sonho de Karole, mas na verdade a luta das duas é real. Vivendo um mundo machista e numa sociedade conservadora e arraigada a dogmas da igreja católica, Karole e Ali precisam de muito esforço e empenho para conseguirem realizar o sonho de terem uma criança e formarem uma família juntas.

 

 

 

Karole (Linda) e Ali (Maria) se submetem ao procedimento de fertilização

Além dos obstáculos emocionais, há ainda as dificuldades de logística: para a fertilização, elas precisam se deslocar para um instituto especializado, em Barcelona, na Espanha, sem contar os custos elevados do tratamento. Outro fator que desafia a todos que se submetem ao processo de fertilização é que as chances de sucesso variam de 45% a 60%. Mesmo com todos os obstáculos, Ali e Karole não desistem e o espectador acompanha passo a passo a luta delas, que envolve inclusive as duas famílias. As cenas em que Karole procura os familiares, que moram num vilarejo, no interior da Itália, são bucólicas — o diálogo da neta com o avô é comovente, como personagens de mundos tão distintos se unem pelo amor!

 

 

 

Roteiro inspirado em história real

 

Mais do que uma história simples, atual e emocionante, Mãe+Mãe envolve o público pela forma delicada e sensível como Karole Di Tommaso dirige seu filme, sem apelar para sentimentalismo ou pieguice. Destaque para a atuação das duas protagonistas e a participação de Andrea Tagliaferri na pele do irmão atrapalhado de Ali.

 

 

 

 

 

 

Fotos: divulgação

Favo do Mellone
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Tório 2

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: