Quando os Olhares se Cruzam, livro de memória de Joaquim Cordeiro

De em janeiro 30, 2012

Capa do livro: Quim Cordeiro e Robson Sant’Anna estiveram à frente da produção e preparação da obra

Se no início eram bilhetinhos e cartas de amor trocadas entre o casal, com o incentivo dos parentes e amigos o senhor Joaquim Cordeiro resolveu abrir o baú de suas lembranças e transformá-lo num livro que registra a sua singela e profunda relação de amor com aquela que foi sua ‘joia mais preciosa’: “Abaixo de Deus, tudo que sou devo a ela, Odete”.
Em edição do autor, Quando os Olhares se Cruzam acaba de ser lançado graças à colaboração de 150 pessoas que aderiram à campanha veiculada na internet em que compraram antecipadamente um exemplar da obra. Em apenas 45 dias, foi alcançada a meta para cobrir os custos de publicação e impressão de 1000 exemplares e no último dia 9 — data em que se estivesse entre nós Dona Odete completaria 83 anos — o livro foi lançado na cidade de Congonhas/MG, onde a família Cordeiro sempre viveu.
Com prefácio da professora Therezinha de Jesus Paula Costa, o livro nos encanta e emociona graças à linguagem simples e reveladora da história de superação de um homem batalhador, que viveu na roça até a adolescência e aos 15 anos ingressa no Seminário Redentorista de Congonhas. Depois de sete anos de sólida formação cultural e religiosa, o jovem Joaquim inicia sua trajetória profissional, primeiramente na capital mineira. No entanto, após quatro meses do primeiro emprego, o rapaz resolve vir morar em Osasco, com uma tia e uma prima.

Joaquim Cordeiro: aos 87 anos deixa registrada sua história de vida num relato emocionado

 

 

E não é que em terras paulistas que Joaquim é surpreendido pelo destino! Numa festa de casamento de amigos da tia, o rapaz cruza o olhar com “uma linda jovem de olhos verdes e um sorriso que a todos fascinava”! Pouco mais de um ano depois deste encontro de almas, o casal já estava casado e de malas prontas para começar uma vida nova em terras mineiras.
Com um requinte de detalhes, o autor relata os primeiros anos de vida a dois, a alegria do nascimento dos filhos, as agruras e dificuldades do recomeço profissional e a fundação da Padaria Santo Afonso, que neste ano completa 60 anos de existência.

Dona Odete e o marido na comemoração do último aniversário de casamento, maio de 2006

 

 

 

 

Mais do que um relato de experiências de vida de um casal, o senhor Joaquim em Quando os Olhares se Cruzam dá um depoimento dos mais sinceros sobre a importância do amor em nossas vidas. Como, pelo amor, podemos superar qualquer tipo de obstáculo que a vida nos impõe. Um verdadeiro exemplo de vida!
Para mais informações e entrar em contato com o autor, acesse: www.artealacarte.com.br

Fotos: Pedro Cordeiro

Marcos Zaccharias Publicitário
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
28º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade

4 Comentários

Quim Cordeiro

janeiro 30, 2012 @ 15:07

Resposta

Maurício, obrigado pela delicadeza e sinceridade com que recomenda a leitura deste livro que tive imenso orgulho em produzir.
Como já lhe havia dito, foi um trabalho intenso que resultou do esforço de uma equipe dedicada e comprometida e da generosidade e confiança de muitos leitores que acreditaram no projeto e antecipadamente investiram seus preciosos recursos.
Belo serviço seu blog vem prestando com indicações valiosas e de primeira qualidade. Parabéns!

Maurício Mellone

janeiro 31, 2012 @ 14:27

Resposta

Quim:
Obrigado pelo incentivo e pela força!
E parabéns pela produção do livro sobre a vida de seus pais!
Volte sempre me visitar!
abrs

Ro

julho 3, 2018 @ 09:55

Resposta

Bom dia! Gostaria de ter mais informações sobre a origem da família Cordeiro de Congonhas, MG, você poderia me ajudar?

Maurício Mellone

julho 3, 2018 @ 11:43

Resposta

Td bem?
VC poderá encontrar tanto
Quim como Pedro Cordeiro no Face
boa sorte

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: