Peça: Aeroplano, foto 1

Aeroplanos: retrato da amizade entre dois homens com mais de 70 anos

De em agosto 14, 2017

Peça: Aeroplano, foto 1

Roberto Arduin e Antonio Petrin protagonizam peça do argentino Carlos Gorostiza

Sucesso na Argentina, a peça de Carlos Gorostiza, Aeroplanos, em cartaz no Auditório MuBE , pela primeira vez chega ao Brasil pelas mãos do ator Antonio Petrin, responsável pela tradução e adaptação do texto, além de dividir o palco com Roberto Arduin. Com direção de Ednaldo Freire, montagem mostra o cotidiano de Chico (Petrin) e Cristo (Arduin), dois setentões de classe média; diariamente eles se visitam, jogam dominó e dividem as difíceis questões da velhice, como a solidão, as limitações impostas pelo corpo, o medo da morte e a perda da independência. Mas o humor e o senso de solidariedade movem a vida destes dois amigos.

Peça: Aeroplanos, foto 2

Chico (Petrin) e Cristo (Arduin) são confidentes e cúmplices da vida

Mais do que apresentar o cotidiano de dois homens de classe média, viúvos, com mais de 70 anos e ex-jogadores de futebol, a peça trata de amizade, de companheirismo. Mesmo com suas manias, idiossincrasias e até temperamentos opostos, Chico e Cristo não conseguem passar um dia sem se ver, são confidentes e cúmplices da vida.

“Estes personagens são extraídos das camadas mais simples de nosso cotidiano. São velhos amigos e chegaram juntos a esta idade fortalecidos pela compreensão e solidariedade. Com humor e diálogos inteligentes, o espetáculo reflete sobre a existência, a partir do ponto de vista dos idosos”, afirma Antonio Petrin.

Os dois personagens estão com problemas graves de saúde e ambos procuram minimizar as consequências futuras. No entanto, um convite para assistirem a um show no exterior do filho de Chico modifica completamente o estado de ânimo deles. É um passaporte para a realização de sonhos acalentados há anos.
Dramaturgia envolvente e a chance de conferir a comovente interação em cena de dois grandes atores.

Roteiro:
Aeroplanos
. Texto: Carlos Gorostiza. Tradução: Antonio Petrin. Direção: Ednaldo Freire. Elenco: Antonio Petrin e Roberto Arduin. Cenografia: Antonio Petrin. Iluminação: Wagner Freire. Treilha sonora: Jonatan Harold. Fotografia: João Caldas. Direção de produção: Sonia Kavantan. Realização: Proa Produções Artísticas e Kavantan Projetos e Eventos Culturais.
Serviço:
Auditório MuBE (192 lugares)  Rua Alemanha, 221, tel. 11 2594-2601. Horários: sexta às 21h30, sábado às 21h e domingo às 19h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30. Bilheteria: de quarta a sexta, das 15h30 às 18h; sábado das 14h às 21h e domingo das 14h às 19h. Duração: 70 min. Classificação: 12 anos. Temporada: até 1º de outubro.

Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Marcos Zaccharias Publicitário

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: