Acervo RecorDança: 20 anos do coletivo de pesquisadores de dança de PE

De em novembro 29, 2023

Coletivo de pesquisadoras da dança de Pernambuco comemora 20 anos

 

 

 

Para comemorar os 20 anos de existência, o Acervo RecorDança, coletivo de pesquisadoras da dança do Estado de Pernambuco, programou apresentações públicas de obras resultantes de projetos de pesquisa do grupo. Serão exibições de conteúdos sobre acessibilidade, frevo e dança vogue, com ingressos gratuitos, nos dias 7, 14 e 15 de dezembro, em Olinda (no Clube Vassourinhas) e no Recife (no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães- MAMAM.

 

 

O objetivo do Acervo RecorDança é o de catalogar, organizar e difundir as memórias das danças de Pernambuco em um acervo digital www.acervorecordanca.com. Hoje o acervo reúne mais de 1000 fotos, 200 vídeos, 60 biografias, 13 históricos de grupos e 200 fichas de espetáculos. O coletivo é pioneiro no Brasil em organizar, digitalmente, a memória da dança.

 

 

 

 

Matheus Pimentel do projeto Memória da Dança em Pernambuco

 

O calendário das atividades comemorativas aos 20 anos do Acervo RecorDança inclui os resultados dos projetos “Memória da Dança em Pernambuco: artistas com deficiência e acessibilidade”, que mapeou artistas da dança com deficiência no Estado, assim como criações artísticas do campo com acessibilidade comunicacional. O segundo projeto, “Comunidades-Dança: que mundos movem?”, investigou o conceito de comunidade no campo da dança e se debruçou sobre as realidades do frevo e vogue.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A passista e mestra Adriana do Frevo

 

Na quinta-feira, 07/12, às 19h, no Clube Vassourinhas de Olinda, as pesquisadoras farão a apresentação dos conteúdos englobando o frevo e a realidade de artistas, mestres e mestras que vivenciam o universo da dança que rege o Carnaval pernambucano. O projeto resultou em uma entrevista em vídeo com a passista e mestra Adriana do Frevo e na obra audiovisual intitulada “Comunidades dança: Cia Brasil por Dança”. Os dois vídeos revelam as memórias e o cotidiano da Cia Brasil por Dança, que há 35 anos é referência do frevo em Olinda. A companhia realiza suas aulas e ensaios na sede do Vassourinhas agregando pessoas de todas as faixas etárias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entrevista com John Lopes e Sebah Ferreira 

 

Na quinta-feira, dia 14/12, a partir das 16h, haverá a apresentação pública do projeto que envolve a pesquisa sobre artistas da dança com deficiência e obras que disponibilizam ferramentas de acessibilidade comunicacional, com transmissão ao vivo no canal do Acervo RecorDança no Youtube. Na live, haverá o lançamento de cinco entrevistas em vídeo, sendo três delas realizadas com artistas da dança que têm algum tipo de deficiência, sendo eles John Lopes, Matheus Pimentel e Victor Marley e outras duas com Andreza Nóbrega e Jefferson Figueirêdo, profissionais que possuem experiência com a produção. Será apresentado ainda um ensaio, em texto e áudio, sobre o processo de pesquisa com esse recorte específico e o resultado da recriação da audiodescrição do espetáculo Leve, do Coletivo Lugar Comum.

 

 

 

 

 

 

 

Ale Roiz, do projeto do Vogue

 

Na sexta-feira, 15/12, às 15h, o coletivo Acervo RecorDança estará no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), no Recife, para lançar um episódio especial do podcast “Histórias ao Pé do Ouvido – Vogue” e também a obra audiovisual “Comunidades-dança: Vogue 4 Recife”, que revelam o dia a dia de artistas que trabalham e praticam a dança vogue no Brasil, pouco conhecida pelo público. Alexandre Roiz, integrante da Casa Akará de Uberlândia (MG), é um dos entrevistados do podcast.

 

 

 

 

 

 

 

Serviço
20 anos do Acervo RecorDança
.
Projeto Comunidades-dança: que mundos movem?
Clube Vassourinhas de Olinda, Rua Nossa Senhora do Guadalupe, 15, bairro do Amparo. Horários: dia 7/12, às 19h. Ingressos: gratuitos.
Projeto Memória da Dança em Pernambuco: artistas com deficiência e acessibilidade
Apresentação pública no canal do You Tube do Acervo RecorDança. Horário: 14/12, às 16h.
Projeto Comunidades-dança: Vogue 4
Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), Rua da Aurora, 265, Boa Vista, Recife. Horários: 15/12, às 15h. Ingressos: gratuitos.

 

 

Fotos: divulgação


Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: