Morre o diretor Del Rangel

De em julho 17, 2020

 

Del Rangel passou por quase todas as emissoras de TV

O diretor de TV e cinema Del Rangel (Antonio Rangel Pereira) sofreu um infarto fulminante na última madrugada e nos deixou, nesta sexta, dia 17 de julho. Aos 64 anos, Del Rangel passou por diversas emissoras de TV, como Globo, SBT, Band, Record e Cultura.

 

Desde 2019 Del era a diretor de programação da TV Cultura

 

 

Tive a honra de trabalhar com ele em três oportunidades: a primeira no SBT, quando Del e o saudoso Henrique Martins dividiam a direção das novelas do Núcleo de Teledramaturgia, dirigido por Nilton Travesso. Depois, acompanhei o grupo formado por Travesso quando da criação do núcleo de novelas na Band. Nestas duas oportunidades, na década de 1990, trabalhei na assessoria de imprensa. A terceira vez que pude trabalhar com Del Rangel foi divulgando seu primeiro longa-metragem, Contos de Lygia e Morte, em que ele foi o responsável pelo roteiro e direção. A trama, baseada em contos da escritora Lygia Fagundes Telles, contava no elenco com Gianfrancesco Guarnieri, Nathalia Timberg, Tarcisio Filho, Viviane Pasmanter, Celso Frateschi e Luiz Guilherme.

 

 

Além de sensível e amável, Del Rangel era muito criativo e talentoso. Seu método de trabalho foi marcado por respeito a toda equipe e extremo profissionalismo.
Neste 2020 tão triste e difícil, a apurada sensibilidade artística de Del Rangel irá fazer muita falta! Del, querido, muita luz!

28º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Favo do Mellone

4 Comentários

Nanete Neves

julho 18, 2020 @ 09:20

Resposta

E o céu vai ficando com o time cada vez mais completo. Del vai deixar saudades.
Meus sentimentos, Mauricio.

Maurício Mellone

julho 18, 2020 @ 12:50

Resposta

Nanete, querida:
Sim, o Del fará muita falta (nos deixou tão cedo!)
Adorei sua última crônica, parabéns!
E obrigado por sua constante presença aqui
bjs

Pedro G. Cordeiro

julho 17, 2020 @ 18:55

Resposta

Um grande profissional brasileiro!!! Uma pena sua partida… Parabéns pelo texto /homenagem a ele, Maurício Mellone!!! Bjs!

Maurício Mellone

julho 17, 2020 @ 19:04

Resposta

Pedro,
lembrei de vc ao fazer a nota sobre a morte do Del;
ele era extremamente amável! Guardo só ótimas lembranças
do profissional sensível e talentoso q ele era!
bjs, querido!

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: