Radicado na França, bailarino brasileiro faz turnê em São Paulo

De em abril 5, 2011

Armando Pekeno e Michelle Brown em RB&QdP* Robe bonbon et Queue de Pie

Residente na França desde 1995, o baiano Armando Pekeno — ao lado da francesa Michelle Brown — realizou uma mini-turnê em São Paulo, nesse final de semana. Os bailarinos da Compagnie Ladainha (http://compagnieladainha.free.fr) apresentaram no Teatro da Dança a coreografia RB&QdP* Robe bonbon et Queue de Pie.

O espetáculo é composto de solos e duos e mostra as fases de um relacionamento, desde os primeiros contatos e afagos até o casamento e suas diversas fases. Um entrelaçamento de vidas e experiências é o que os bailarinos demonstram no palco; essa mistura que se torna todo o relacionamento mais íntimo fica muito bem marcada com o figurino em papel usado pelos bailarinos. Tanto o longo vestido de noiva como o traje masculino e os buquês de flores são em papel: no decorrer da coreografia (e da vida) as vestes se misturam, rasgam, se despedaçam e juntam-se novamente. Ao final, eles amarram os inúmeros restos de papel de suas roupas num grande varal, tecendo assim a relação que ambos criaram.

De acordo com o coreógrafo, tudo é composto da união, como o casamento: “No início um olhar, uma atração pela imagem, construído para seduzir. Sempre precisamos um do outro para construir”, diz Pekeno, que explica ainda a função do papel no espetáculo:

“O papel serve como artifício ou maquiagem para esta união a dois. Ao mesmo tempo representa a pele, que é linda quando jovem, e pode ser esquecida e abandonada pelo tempo”, completa o artista, que é de família modesta de Salvador e já foi solista e coreógrafo do prestigiado Balé Teatro Castro Alves. Pekeno, que está na França há mais de 15 anos, fundou com Michelle Brown a Capoeira Cooperativa Breton e trabalha com projetos culturais com adolescentes.

Foto: D.Gouray


Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento