Show: Cazuza-Pro Dia Nascer Feliz- o Musical, foto 1

Cazuza, Pro Dia Nascer Feliz- o Musical: está no Rio e vem a SP em março

De em outubro 24, 2013

Show: Cazuza-Pro Dia Nascer Feliz- o Musical, foto 1

O grupo Barão Vermelho recriado no musical em homenagem a Cazuza

O talento e a poesia de Cazuza não podem nunca ser esquecidos. Mesmo tendo falecido há 23 anos, Cazuza e sua obra são atuais e ainda têm muito a dizer tanto aos que conviveram com ele como para esta juventude atual que não teve esta chance. E as homenagens ao poeta estão a pleno vapor. No início do mês estreou um musical no Rio e nesta semana uma mostra foi inaugurada no Museu da Língua Portuguesa. Meu amigo Bruno Tortora viajou ao Rio e faz sua primeira participação especial no Favo contando suas impressões sobre Cazuza, Pro Dia Nascer Feliz- o Musical.
O espetáculo cumpre temporada carioca até o Carnaval e desembarca em São Paulo em março de 2014. Mas os fãs de Cazuza têm outra chance de ter acesso à sua obra. Acabou de ser inaugurada no Museu da Língua Portuguesa a mostra
CAZUZA mostra sua cara, com curadoria do arquiteto e cenógrafo Gringo Cardia. A mostra pretende fazer o visitante embarcar em uma viagem pela obra e vida do artista, com várias propostas interativas. Não perca. Fique agora com a resenha do musical.

Show: Cazuza, foto 2

Bruno Tortora participa pela primeira vez no blog

Mostra a sua cara

Em cartaz no Rio de Janeiro, desde o início de outubro, o espetáculo que reverencia Agenor de Miranda Araújo Neto, o cantor e compositor Cazuza, um dos maiores ídolos dos anos 80 no Brasil. Cazuza, Pro Dia Nascer Feliz- o Musical, com texto de Aluísio de Abreu, é dirigido por João Fonseca, o mesmo diretor do musical Tim Maia Vale Tudo – o Musical .
O espetáculo, com duas horas e meia de duração, narra de forma cronológica toda a vida do poeta, desde a infância até seus últimos dias, aos 32 anos de idade, quando faleceu vítima de Aids. O ator Emílio Dantas, intérprete de Cazuza, emociona o público, principalmente por sua performance no palco: seu timbre de voz e a perfeita interpretação do poeta arrebata a plateia, que também fica sensibilizada com o figurino e a caracterização perfeita para a época e seus personagens. A interpretação de Emílio para a canção Down em mim, em que está só no palco, deixa as pessoas atônitas, tamanha a segurança e descontração com o personagem.

Show: Cazuza Pro Dia Nascer Feliz- o Musical,  foto3

Emílio Dantas emociona com sua atuação na pele do pop star brasileiro

Ao contrário do filme — Cazuza, O Tempo Não Para, de Sandra Werneck e Walter Carvalho, com Daniel Oliveira na pele do cantor —, o espetáculo de João Fonseca inclui a participação do cantor Ney Matogrosso, vivido por Fabiano Medeiros, que namorou Cazuza por um breve período. O elenco, composto de 16 pessoas, interpreta outras personalidades que marcaram a vida de Caju, como carinhosamente ele era chamado pelos amigos. A mãe Lucinha Araújo é vivida pela atriz Suzana Ribeiro; Yasmin Gowlevsky interpreta Bebel Gilberto e Bruno Narch é Serginho Maciel, outro namorado do pop star. Outras duas personalidades muito importantes na vida de Cazuza também têm participação fundamental no musical: Ezequiel Neves, vivido por André Dias, e Caetano Veloso, interpretado por Dezo Mota.
Além da brilhante atuação de Emílio Dantas, outro destaque de Cazuza, Pro Dia Nascer Feliz- o Musical fica para o ator Thiago Machado, que interpreta Frejat, da banda Barão Vermelho. Na cena em que marca a saída de Cazuza do grupo, eles fazem um lindo dueto com a música Queria ter uma bomba. A voz e a interpretação de Thiago são tocantes e os aplausos, ensurdecedores!
O espetáculo inclui 20 das mais de 200 músicas que Cazuza compôs em seus oito anos de carreira. Para quem conhece sua obra, fica difícil, ao final do musical, não lamentar a falta “daquela” canção. Fica o gostinho de ‘quero mais’. Quem sabe não apareçam outros espetáculos para homenageá-lo?
O tempo não para’.

Bruno Tortora

 

Veja abaixo uma chamada do musical:

Fotos: Leo Aversa


6 Comentários

NINA CORREIA

janeiro 24, 2015 @ 23:59

Resposta

A peça é maravilhosa, perfeita. Os atores fenomenais. O que interpreta Cazuza tem uma voz fenomenal e um perfil muito parecido com o do cantor. Emocionante, chorei muito. No dia que assisti, Lucinha Araújo estava na plateia o que me deixou mais sensibilizada. Adorei e recomendo

Maurício Mellone

janeiro 26, 2015 @ 15:01

Resposta

Nina,
a resenha da peça sobre o Cazuza
foi um amigo quem fez.
Infelizmente aqui em São Paulo a
assessoria teve dificuldade em obter convite
e não fui conferir.
Muita gente diz mesmo q o ator emociona!
Bjs e obrigado pela visita
volte sempre!

Marlon de Albuquerque

outubro 26, 2013 @ 07:02

Resposta

Quero ver. Seu blog esta cada dia melhor cara. Grande abraço!
Marlon de Albuquerque

Maurício Mellone

outubro 27, 2013 @ 12:14

Resposta

Marlon:
Temos de esperar até março/14 para assistir aqui em Sampa.
Mas vai valer a pena, meu amigo q escreveu a resenha adorou!!!!!
E nesta semana quero tirar uma tarde para ir à Mostra no Museu da Língua Portuguesa
(as matérias a q assisti na TV já me deixaram curioso)
‘Obrigadíssimo’ pelos elogios!
Adorei sua visita
bjs

sergio

outubro 25, 2013 @ 00:31

Resposta

Um enorme prazer poder contribuir com este Blog maravilhoso!
Toda sorte do mundo Mau.

Bruno

Maurício Mellone

outubro 25, 2013 @ 10:15

Resposta

Bruno:
Que eu possa contar com sua colaboração no Favo
mais vezes. A colaboração fraterna e constante eu
já conto, SEMPRE!
bjs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento