Filme Boca de Flavio Frederico

Daniel de Oliveira encarna o Rei da Boca em filme de Flavio Frederico

De em outubro 1, 2012

Filme Boca de Flavio Frederico

Daniel Oliveira interpreta o bandido violento dos anos 60, chamado de Rei da Boca

Filme Boca de Flavio Frederico
Daniel de Oliveira interpreta o bandido violento dos anos 60, chamado de Rei da Boca

Uma reconstituição da São Paulo dos anos 50 e 60 é um dos grandes trunfos do filme Boca, de Flavio Frederico, que retrata a trajetória de Hiroito de Moraes Joanides, o rapaz de classe média que se tornou um dos bandidos mais violentos e procurados pela polícia paulista nos anos 60. Ele atuava na chamada Boca do Lixo, região de prostituição do centro da cidade: primeiramente como frequentador boêmio em busca de sexo, mas depois de ter sido acusado de matar o pai, Hiroito compra suas primeiras armas e descamba para o mundo do crime. Com roteiro de Flavio Frederico e Mariana Pamplona e inspirado no livro autobiográfico Boca do Lixo, o filme se destaca pela interpretação visceral de Daniel de Oliveira na pele do Rei da Boca (como Hiroito passou a ser conhecido).

Filme Boca, de Flavio Frederico 3

Hermila Guedes vive a prostituta Alaíde, que se casa com Hiroito (Daniel)

A trama começa com Hiroito dentro de um fusquinha totalmente drogado e se recusando a abrir a porta do carro. Um recuo na história e vemos o rapaz na adolescência indo à Boca do Lixo para iniciar-se sexualmente: o garoto pega gosto pelo clima do local e passa a ser frequentador assíduo. Já adulto, ele era conhecido das prostitutas e entra para o mundo do crime após a acusação de ter matado o pai; em pouco tempo Hiroito era chefe de uma organização criminosa, em que além de explorar as prostitutas, vendia drogas e passa a ser uma espécie de justiceiro. Sua ficha policial era interminável, mas sempre se safava com subornos a delegados e policiais. Nada diferente do que vemos hoje nas grandes capitais brasileiras, com facções criminosas liderando o tráfico de drogas, ex-policiais atuando como milícias e a violência generalizada. Talvez a diferença para os dias atuais seja pela dimensão e sofisticação das organizações criminosas atuais.

Filme Boca de Flavio Frederico 2

Leandra Leal faz uma participação especial como a caftina de luxo Sílvia

Hiroito, já como líder na Boca do Lixo, casa-se com a prostituta Alaíde, vivida por Hermila Guedes, e tem Osmar (Milhem Cortáz) como seu comparsa nos negócios escusos. Destaque para as participações especiais de Leandra Leal como Sílvia, uma caftina de luxo, e Paulo César Pereio na pele do corrupto delegado Dr. Honório.
No festival Cine PE/2012, Boca levou os prêmios de direção, atriz (Hermila), trilha sonora (Eduardo Bid) e direção de arte (Alberto Grinaldi).

Fotos: divulgação


2 Comentários

Gabriel Lisboa Broca

outubro 2, 2012 @ 19:39

Resposta

Mau, muito bom!

Esse tipo de tema sempre tem público hahaha

Abs

Maurício Mellone

outubro 3, 2012 @ 13:23

Resposta

Gabriel:
Vamos confirmar o dispositivo (ontem um amigo disse q recebeu
a comunicação de resposta ao comentário deixado aqui)
Depois vc me diz se está funcionando.
Obrigado por sua opinião: tomara q aumente a audiência
e possa ter anúncios!
bjs e volte sempre!

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento