‘decifra-te ou me devora’, novo espetáculo dirigido por Elias Andreato

De em fevereiro 7, 2011

Helô Cintra e João Paulo Lorenzon vivem o casal da trama

O amor entre duas pessoas, com seus encontros e desencontros que são superdimensionados nesses tempos de uso de recursos virtuais, como a internet e os celulares. Com esse mote Elias Andreato, Helô Cintra e João Paulo Lorenzon criaram o espetáculo decifra-te ou me devora, utilizando poemas e textos de autores como Jean Tardieu, Cacaso, Paul Celan e Herberto Helder, entre outros. A peça estreou nesse final de semana no Miniteatro.
Num espaço intimista, tendo como cenário uma cama de casal que serve também como tela para que sejam projetadas imagens, o público entra, atravessa o palco e fica como voyeur daquela relação amorosa. Inicialmente o casal só se comunica de forma virtual, por meio de poemas, com o objetivo de se conhecerem. Depois partem para os celulares e a voz passa a ser o novo dado para se conhecerem melhor. O último passo para saber quem é a pessoa amada é o encontro real.
“A encenação sugere o mistério, nem tudo o que é dito precisa ser entendido, apenas ser sentido.Deseja-se viajar nas sensações do outro e revelar as suas. Decifra-te ou me devora para entender aquilo que não sabemos. Só através da antropofagia é que podemos saciar nossa consciência do outro”, explica Elias, que criou o cenário e é autor de um poema musicado por Daniel Maia e traduzido para o francês por Sandra Schaffa e que embala as cenas.
Por ter o amor como tema central, a peça levanta questões relacionadas à morte: ao decifrar o outro, morre o amor? Ou a união amorosa mata a individualidade?

Cartaz da peça

O espetáculo tem uma plasticidade envolvente e os dois atores, além de jovens são lindos, o que os aproxima ainda mais do público. Um verso dito pela atriz me impactou sobremaneira, “povoar a solidão”. O amor pode cumprir essa máxima!
Foto: João Caldas

Tório 2
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Uba

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: