Um Picasso: peça de Jeffrey Hatcher ganha primeira montagem brasileira

De em agosto 20, 2021

Clara Carvalho vive uma agente nazista que interroga Picasso, papel de Sergio Mastopasqua

 

Depois de um ano e cinco meses sem poder receber o público em razão da pandemia do coronavírus, ontem o Teatro Aliança Francesa reabriu suas portas para a estreia de Um Picasso, peça do dramaturgo norte-americano Jeffrey Hatcher que recebe a primeira montagem brasileira sob a direção de Eduardo Tolentino de Araujo, numa produção inédita do Grupo Tapa.

 

A trama se passa em Paris, no início da década de 1940, quando o artista plástico espanhol Pablo Picasso, vivido por Sergio Mastropasqua, é levado a um porão para ser interrogado pela agente nazista Fraulein Fischer, interpretada por Clara Carvalho. No confronto de ideias, eles discutem sobre arte, política e vida no auge do período autoritário do século XX; no entanto a discussão é universal e nos remete aos dias atuais, em que o mundo se vê imerso numa onda conservadora e totalitária.

 

 

A primeira atração da noite foi o reencontro do espectador com a sala de espetáculo. Com máscara, temperatura medida e uso de álcool em gel, as pessoas — apenas 52 lugares disponíveis — iam chegando meio receosas, mas logo todos pudemos nos cumprimentar (aqueles soquinhos à distância) e entrar na sala para finalmente assistirmos a uma peça no local apropriado, o palco e não mais diante de uma tela de computador ou de celular!

 

 

Elenco dirigido por Eduardo Tolentino de Araujo

 

 

 

Na trama, a razão do interrogatório policial é para que Picasso, diante de três desenhos atribuídos a ele, possa dar autenticidade a pelo menos um deles. A agente nazista inicialmente afirma que os desenhos farão parte de uma exposição, mas, com o desenrolar do embate entre eles, confessa que as obras consideradas ‘degeneradas’ serão queimadas.

 

 

 

A discussão entre o pintor e a nazista é complexa e ambos revelam muitas facetas de suas personalidades. Entretanto, o cerne do embate entre eles é análise da pintura Guernica, ícone da produção de Picasso, uma denúncia contra a guerra e a violência. Além da obra em si, eles discutem sobre arte, política (a relação entre uma e a outra) e sobre a vida e a morte. Daí a contemporaneidade do texto.

 

 

 

 

 

 

 

“A peça é crivada na atualidade, apesar de passada no período da guerra e ser uma oficial da Gestapo interrogando um dos maiores artistas da história da humanidade. A arte não pode nada contra as armas, mas sobrevive e nos faz repensar a história. É fundamental colocar a importância da arte em um momento que pensamentos autoritários tentam demonizá-la. O que a peça diz é que a arte vai sobreviver a tudo isso”, argumenta Eduardo Tolentino de Araujo.

 

 

Além de uma trama bem articulada, que mostra pontos de vista conflitantes sobre temas fundamentais, o grande destaque da montagem é o vigor e a sintonia perfeita em cena entre Clara Carvalho e Sergio Mastropasqua. O diretor montou esta peça em Portugal, em 2014, com a Companhia de Teatro de Braga, e no ano passado pretendia levá-la ao palco, mas foi impedido pela pandemia. Com a reabertura dos teatros, cumprindo todos os protocolos, o espetáculo permanece em cartaz até o final de setembro. Faça um esforço e vá conferir!

 


Roteiro:

Um Picasso. Texto: Jeffrey Hatcher. Direção: Eduardo Tolentino de Araujo. Assistente de direção e diretor de produção: Ariel Cannal.  Elenco: Sergio Mastropasqua e Clara Carvalho. Iluminação: Nicolas Caratori. Design gráfico: Mau Machado. Fotografia: Ronaldo Gutierrez. Adereços: Jorge Luiz Alves. Assistente de produção: Rafaelly Vianna.

Serviço:
Teatro Aliança Francesa (52 lugares), Rua General Jardim 182, tel. (11) 3572-2379. Horários: de quinta a sábado às 20h e domingo às17h. Ingressos: R$40 e R$20, vendas somente online (https://grupotapa.com.br). Duração: 80 min. Classificação: 14 anos. Temporada: até 26 de setembro.

Marcos Zaccharias Publicitário
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Favo do Mellone

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: