Carretel dança 1

Carretel: espetáculo de dança tem três únicas apresentações no TUCA

De em novembro 1, 2012

Carretel dança 1

Espetáculo de dança Carretel, concepção e direção de Rubens Oliveira e Sergio Ignacio, traz 33 bailarinos no palco

O que motivou a criação do espetáculo de dança Carretel foi exatamente a saudade e a vontade de voltarem a dançar juntos. O bailarino Rubens Oliveira e o jornalista e psicanalista Sergio Ignacio, responsáveis pela concepção e direção desta produção, se conheceram na companhia de Ivaldo Bertazzo, assim como a maioria dos 33 bailarinos que participaram dos espetáculos Anatomia do Desejo e Kashimir Bouquet apresentados entre 2006 e 2008.
Da mesma forma como um carretel que envolve toda a linha, este grupo de dança reuniu-se para colocar-se no movimento da costura, entrelaçando os corpos no encontro do que procuram: o afeto e o movimento. O espetáculo participou do projeto Letras em Cena, que acontece às segundas-feiras, no MASP, mas fez sua estreia em São Bernardo do Campo no mês passado. Agora faz três únicas apresentações no TUCA, nesta segunda, terça e quarta, 5, 6 e 7 de novembro.

Carretel, dança 2

Bailarinos têm entre 20 e 62 anos e já dançaram com Ivaldo Bertazzo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes dos ensaios e da preparação cênica, o grupo começou a manifestar a vontade de estar juntos por meio das redes sociais da internet. Ficou claro que o prazer pelo movimento e a convivência criativa ainda estavam muito presentes a todos eles. Com esta motivação é que Rubens e Sergio partiram para a criação de Carretel.

 

A imagem do carretel concentra a concepção geral do espetáculo: um eixo central (carretel com linha, ou corpos reunidos), que colocado em movimento (pela máquina de costura ou pela dança) leva a novas formas”, explica Rubens Oliveira.

 

O roteiro é constituído de 10 coreografias — apresentadas com o grupo todo, em duos e solos —, que são definidas com expressões relacionadas ao universo da costura e do bordado. Assim temos Saudade, Fio de Emoções, Carretel, Tear, Novelo, Bilro, Ponto Cruzado, Repolego Amarrado, Bordado e Matiz.
Tive a chance de assistir ao espetáculo dentro do projeto do MASP, em outubro, mas na ocasião os 33 bailarinos ainda não estavam com figurino e a cenografia não estava completa. Desta vez está tudo pronto: os figurinos são assinados por Joana
Porto, vídeo e cenografia são de Talita Miranda e a produção musical é de Saulo Abramvezt.

Carretel, dança 3

Marcas da produção: plasticidade incrível, belos figurinos e uniformidade em cena

Carretel é de uma plasticidade incrível e o grande destaque do espetáculo é, sem dúvida, a chance de assistir a um grupo aparentemente heterogêneo se apresentar de forma coesa e única. Dá vontade de subir ao palco e se juntar a eles. Imperdível!

Fotos: Charles de Oliveira

Roteiro:
Carretel
. Concepção e direção: Rubens Oliveira e Sergio Ignacio. Elenco: 33 bailarinos. Figurino: Joana Porto.Vídeo e cenografia: Talita Miranda. Produção musical: Saulo Abramvezt.
Serviço:
TUCA (672 lugares), Rua: Monte Alegre, 1024. Informações: tel: 3670-8455. Horários: segunda, terça e quarta, dias 5, 6 e 7 de novembro, às 21h. Ingressos: R$ 20,00 inteira; R$ 10,00 meia (estudante/idoso). Bilheteria: de terça a domingo das 14h00 às 20h00. Vendas: www.ingressorapido.com.br ou tel. (11) 4003-1212 (aceita todos os cartões de crédito). Estacionamento conveniado. Duração: 60 minutos. Classificação: livre.


2 Comentários

Dinah Sales de Olive

novembro 1, 2012 @ 19:18

Resposta

Maurício,
Parece bacana o espetáculo, me deu vontade de ir ver, principalmente para lembrar os bons tempos de Ivaldo Bertazzo (de quando eu fazia aulas…)
E esse aí da foto, por acaso é o Fernando?

bjs,
Dinah

Maurício Mellone

novembro 1, 2012 @ 19:41

Resposta

Dinah:
Vá mesmo, vc vai gostar!
Claro, é o Fernando Abrão!
Bjs

Deixe comentário

Deixe uma sugestão





Deixe uma sugestão

Indique um evento





Indique um evento