Filme: Permanência, foto 1

Permanência: Irandhir Santos protagoniza premiado filme de Pernambuco

De em junho 1, 2015

Filme: Permanência, foto 1

Irandhir Santos e Rita Carelli encabeçam o elenco do longa de Leonardo Lacca

Depois de rodar o mundo por festivais e receber vários prêmios (Cine PE/15 e no Festival de Bagé/RS), acaba de estrear em todo o país Permanência, o primeiro longa metragem do cineasta pernambucano Leonardo Lacca. Como uma expansão de seu curta Décimo Segundo, o diretor que assina também o roteiro centra a história no fotógrafo Ivo, vivido por Irandhir Santos, que vem a São Paulo para acompanhar a inauguração de sua primeira mostra individual. Mesmo tendo a possibilidade de se hospedar num hotel, Ivo resolve se instalar na casa de Rita (Rita Carelli), que logo de cara o espectador percebe ser mais do que uma amiga na vida do fotógrafo. Casada com Mauro (Sílvio Restiffe), Rita fica perturbada com este reencontro.

Filme: Permanência, foto 2

Irandhir é o fotógrafo Ivo que vem a São Paulo para sua primeira mostra individual

Filme de Pernambuco, mas rodado em São Paulo. Pode parecer contraditório, mas o diretor quis colocar intencionalmente o personagem central deslocado de seu cotidiano para enfatizar a série de constrangimentos que irá viver. No campo profissional, Ivo precisa se expor para o mercado da maior cidade brasileira; emocionalmente, ele também deve lidar com situações delicadas. Já na primeira cena, Ivo chega ao apartamento de Rita (ele não gosta de elevador e resolve subir de escada) e o abraço inicial revela uma intimidade entre eles, mas ao mesmo tempo a situação é peculiar, já que ela está casada. A diferença climática entre Recife e a capital paulista também faz com que Ivo precise se adaptar. A relação com o pai, interpretado por Genésio de Barros, é outro embate interior: Ivo é fruto de uma relação extraconjugal e a atual esposa do pai ignora sua existência.

Filme: Permanência, foto 3

Cartaz do filme, que se apresentou em festivais pelo mundo

 

 

Sozinho em São Paulo (mantém só alguns telefonemas com a namorada de Recife), Ivo faz um passeio tanto pela cidade — um olhar diferenciado da capital paulista— como para dentro de si mesmo. Daí a importância no filme de silêncios, pausas e o pequeno uso de diálogos. Na sua permanência em São Paulo, Ivo reflete sobre que vínculos afetivos ainda permanecem em sua vida: qual sua ligação com Rita, que sentimento nutre pela namorada atual, que importância tem o caso com a garota da galeria de arte e como encara a relação com o pai. O diretor/roteirista não apresenta respostas às indagações propostas pelo protagonista e a cena final em que Rita revela e amplia as fotos deixadas por Ivo deixa em abeto o futuro dos personagens.
Além de uma bela fotografia e um roteiro que provoca reflexões, Permanência se destaca pela atuação de Irandhir Santos, que de forma contida e comovente, constrói um personagem de várias facetas e nuances psicológicas.

 

 

Fotos: divulgação

Marcos Zaccharias Publicitário
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
Marcos Zaccharias Publicitário

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: