RSS FACEBOOK TWITTER

Filme inédito e festa no CCSP marcam a abertura 21º Festival MixBrasil


Cinema: Festival Mix Brasil, foto 1

Cartaz do festival dirigido por André Fischer e João Federici

Considerado o maior festival LGBT da América Latina, o Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade chegou à maioridade. A 21ª edição foi aberta ontem no CCSP (Centro Cultural São Paulo), com a presença de representantes do governador, do prefeito, do SESC e do Centro Cultural e, é claro, dos diretores do evento, André Fischer e João Federici.
Além de chegar a uma marca considerável, o Festival neste ano também vem ampliado: serão exibidos mais de 140 filmes, entre longas e curtas, de vários países, e 40 atrações entre teatro, leitura dramática, dança, música, literatura e debates. Destaque para a retrospectiva do diretor Travis Mathews, a mostra de filmes alemães no ano da Alemanha no Brasil, a competição nacional que traz 12 filmes de cinco Estados e o teatro, que trará peças inéditas e algumas consagradas como Um porto para Elisabeth Bishop com Regina Braga, O Casamento, com Renato Borghi e Dama da Noite com Luiz Fernando Almeida, além de leituras dramáticas, o espetáculo de dança Eu em ti de Sandro Borelli e a balada literária liderada pelo escritor Marcelino Freire.

Filme> Festival Mix Brasil, foto 2

Filme de abertura: Interior. Leather Bar de James Franco e Travis Mathews

Depois da cerimônia de abertura comandada pela atriz Fabíula Nascimento, o diretor Travis Mathews subiu ao palco e relatou sua experiência ao lado de James Franco na produção de Interior. Leather Bar, inédito no Brasil e que foi o escolhido para abrir o Festival. O filme é uma releitura dos diretores para Parceiros da Noite, de William Friedkin estrelado por Al Pacino nos anos 80, que supostamente sofreu um corte de 40 minutos das cenas de sadomasoquismo entre homens para que não fosse classificado como pornográfico. Protagonizada por Val Lauren, a trama é o que os diretores imaginaram que foi cortado no filme original e mistura documentário e ficção com cenas reais de sexo gay. Além deste filme, há ainda uma retrospectiva de Travis Mathews dentro do evento, que inclui I Want Your Love e o mais recente In The Room: London.

Cinema: Festival Mix Brasil, foto 3

Curta brasileiro: Laio, de Daniel Grinspun

A produção nacional também ganha destaque na edição 2013. Na competitiva são 12 curtas de cinco Estados, com destaque para Laio, inspirado no ataque homofóbico ocorrido na Avenida Paulista em que alguns adolescentes usaram uma lâmpada fluorescente para agredir uns gays que passeavam pela rua. Há também dois filmes baseados na obra de Caio Fernando Abreu, Sobreviventes e Linda, um História Horrível.

Cinema: Festival Mix Brasil, foto 4

Longa nacional: Tatuagem, de Hilton Lacerda

Mas não é só de curtas que os nacionais aparecem no Mix Brasil: há oito longas (documentários e ficção) e pela primeira vez o público vai escolher o melhor. Dizer e não pedir segredo é um documentário da peça do mesmo nome que o grupo Kunyn apresenta desde 2010. Tatuagem, de Hilton Lacerda, é outro esperado: protagonizado pelo pernambucano Irandhir Santos, o filme mostra a relação do ator Clécio com o soldado Arlindo, de 18 anos.
Difícil sintetizar as mais diversas atrações do 21º Festival Mix Brasil, mas outra novidade é que neste ano o evento ocorre quase que simultaneamente em São Paulo e no Rio: aqui será até o dia 17 e os cariocas assistem ao festival de 14 a 21 de novembro. Mais informações e a programação completa no site do festival  www.mixbrasil.org.br.

Fotos: divulgação

, , , ,

Maurício Mellone

Como jornalista — tendo atuado em rádio, TV, jornal, revistas e assessoria de imprensa —, a palavra sempre foi minha matéria prima. No entanto, desde 2000 venho cultivando o plano B, ou seja, mantenho no meu velho PC um arquivo com meus escritos, que na verdade já era um pré-blog. Lá, deixo fluir a imaginação para que a linguagem inclusive ganhe novos contornos.


Ver todos os posts de Maurício Mellone »

2 Comentários para “Filme inédito e festa no CCSP marcam a abertura 21º Festival MixBrasil”

  1. Flavio Says:

    Quero ver se consigo assistir a alguns , se o resfriado permitir !
    Beijo
    parabens, pela resenha !

    responder

Deixe uma resposta