Peça: Condomínio Visniec, foto 1

Condomínio Visniec: Clara Carvalho dirige peça com 6 solos surreais

De em novembro 8, 2019

Peça: Condomínio Visniec, foto 1

Elenco: Ana Clara Fischer, Felipe Souza, Mônica Rossetto, Rafael Levecki, Rogério Pércore e Suzana Muniz

 

Ao lado da premiada carreira de atriz, Clara Carvalho vem ultimamente se dedicando à direção teatral. E em especial à obra do dramaturgo romeno Matéi Visniec: desde 2015 ela dirige o núcleo de pesquisa sobre Visniec no Grupo Tapa com atores profissionais. Deste estudo já saíram três espetáculos, A Máquina Tchekhov/2015 (que ela dirigiu em parceria com Denise Weinberg), Ricardo III ou cenas da vida de Meierhold/2019 e Condomínio Visniec, que depois de temporadas no SESC Ipiranga e Oficina Cultural Oswald de Andrade está agora em cartaz agora no Viga Espaço Cênico.

 

A montagem reúne seis monólogos selecionados do livro de Viscniec, O Teatro Decomposto ou O Homem – Lixo/1996, e traz a característica central do dramaturgo, ou seja, o tom marcante do teatro do absurdo, com histórias surreais. A estrutura do espetáculo parte da figura do Escritor/Corredor, que confessa não ter domínio da sua escrita e assim surgem criaturas híbridas entre o ser humano e os animais, como A Borboleta, O Verme da Maçã, O Devorador de Carne, O Homem Cavalo e o Adestrador de Animais. No elenco, Ana Clara Fischer, Felipe Souza, Mônica Rossetto, Rafael Levecki, Rogério Pércore e Suzana Muniz.

 

 

 

Peça: Condomínio Visniec, foto 2

Seis solos de histórias surreais

 

 

Com o palco vazio, somente uma mesa e uma velha máquina de escrever, o espetáculo começa com uma coreografia em que os seis atores se movimentam lentamente. O figurino, assinado por Marichilene Artisevskis, em tom preto marca o conjunto daqueles seres híbridos (quando o personagem assume o solo ele tira o envoltório negro e fica com a “segunda pele”, em tom claro). A iluminação (Wagner Pinto) e a trilha original (Mau Machado) complementam o clima onírico e surreal das histórias.

 

 

 

 

 

 

“Nosso Condomínio Visniec é um painel da solidão urbana, um mosaico centralizado pela figura do Escritor/Corredor que vai construindo um bestiário de criaturas híbridas, que tecem, cada uma a seu modo, um painel e uma meditação sobre o isolamento, as angústias, as obsessões e os impulsos predatórios da nossa espécie”, explica Clara Carvalho.

 

 

 

As direções assinadas por atores geralmente valorizam a interpretação. E não é diferente nesta montagem: Clara dá especial atenção ao elenco, que responde à altura. Há uma unidade de interpretação, com os seis atores atuando em sintonia, tanto quando fazem parte do coro como no momento do solo. Dramaturgia densa, mas que contém humor e ironia. Somente quartas e quintas de novembro. Confira.

 

 

Peça: Condomínio Visniec, foto 3

Direção sensível que valoriza a interpretação

Roteiro:
Condomínio Visniec. Texto: Matéi Visniec. Tradução: Luiza Jatobá. Direção: Clara Carvalho. Assistente de direção e design gráfico: Mau Machado. Elenco: Ana Clara Fischer, Felipe Souza, Mônica Rossetto, Rafael Levecki, Rogério Pércore, Suzana Muniz. Figurino: Marichilene Artisevskis. Trilha sonora original: Mau Machado. Iluminação: Wagner Pinto. Preparação corporal e coro cênico: Mau Machado e Suzana Muniz. Fotografia: Ronaldo Gutierrez. Direção de produção: Selene Marinho /SM Arte e Cultura.
Serviço:
Viga Espaço Cênico (73 lugares), Rua Capote Valente, 1323, tel. 11 3801 1843. Horários: quarta e quinta às 21h. Ingressos: R$ 50 e R$ 25. Venda online: sympla.com.br. Duração: 55 min. Classificação: 14 anos. Temporada: até 28 de novembro.

 

Favo do Mellone
Site Aplauso Brasil, especializado em Teatro
https://www.mixbrasil.org.br/

Deixe comentário

Deixe uma sugestão

Deixe uma sugestão

Indique um evento

Indique um evento

Para sabermos que você não é um robô, responda a pergunta abaixo: